Univag 1

“Toda estrutura é muito boa. É a melhor pra mim. Eu recomendo”. Essa fala é do acadêmico de Medicina do Centro Universitário de Várzea Grande (Univag), Wesley Arruda referente a estrutura física, método de ensino e corpo docente da graduação.

Com conceitos máximos nas avaliações do Ministério da Educação (MEC) o curso de Medicina do Univag tem chamado a atenção em Mato Grosso e em todo país. Prova disso é a procura e o número de alunos do interior do estado como Sorriso, Sinop, Tangará da Serra, e de outros estados brasileiros como São Paulo, Paraná e Rondônia.

Outro fator que chama atenção entre os que procuram a Medicina do Univag é o método de ensino inovador, com resgate de valores e uma formação mais humanística e abrangente. A Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL – Problem Basic Learning) coloca o acadêmico como sujeito ativo no processo de ensino-aprendizagem, e a inserção precoce em práticas na comunidade como principais estratégias para alcançar esses objetivos. Isso ajuda a construir no aluno um raciocínio lógico, crítico e ético que é tão importante para o médico.

Leia também:  Municípios mato-grossenses podem aderir ao Selo Unicef

Bruno Fonseca tem 19 anos e cursa o primeiro semestre de Medicina no Centro Universitário, Ele avaliou outras instituições e escolheu o Univag para a realização de um sonho. “Sempre sonhei em ser médico, um pediatra. Eu vim até a instituição, conheci tudo. Fui à outra particular próxima, mas optei em fazer o vestibular do Univag. Estudar com o PBL é algo que funciona muito bem. Com certeza valeu a pena a minha escolha”, contou.

Na avaliação do Ministério da Educação (MEC), com escala de 01 (mínima) a 05 (máxima), a Organização Didático-Pedagógica do curso possui conceito 04. Já as instalações e o corpo docente de Medicina Univag possuem nota máxima.

“Eu achei que teria muita dificuldade em estudar com um método tão inovador e diferente do que estamos acostumados ao longo da vida, mas funciona muito bem e facilita o nosso aprendizado. Além disso, o PBL nos ensina melhor a relação do médico com o paciente e os conhecimentos técnicos da medicina”, disse Wesley Arruda do 2º semestre.

Leia também:  Mais de 12 mil motoristas ficaram parados na BR-163 por falta de combustível

Outro fator que chama a atenção dos acadêmicos é a estrutura da biblioteca e corpo docente. “A biblioteca é excelente, os professores são bem qualificados”, disse Bruno.

VESTIBULAR

As inscrições para o vestibular 2016/2 estão abertas e seguem até o dia 09 de maio. Os cadastros podem se inscrever no site da VUNESP (www.vunesp.com.br) e do UNIVAG (www.medicinaunivag.com.br). São 60 vagas para período integral.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 280. A prova do processo seletivo acontecerá no dia 28 de maio (sábado) das 13h30 às 18h, horário local (uma hora a menos que Brasília), no campus do UNIVAG, na Avenida Dom Orlando Chaves, nº 2655 – bairro Cristo Rei, Várzea Grande-MT. Duas etapas compõe a avaliação: 60 questões de múltipla escolha e redação. O candidato deve estar munido de documento oficial com foto para realizar a prova que tem duração de quatro horas.

Leia também:  Professores da UFMT protestam contra lei trabalhista e fazem paralisação
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.