O prefeito cuiabano, Mauro Mendes do Partido Socialista Brasileiro (PSB) disse hoje em entrevista a uma rádio da capital que vai disputar a reeleição e que o vice deverá ser indicado pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), mas que apesar disso ainda não foi indicado nenhuma para a composição da chapa majoritária.

Com relação ao veto do PSDB a uma coligação com o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), Mauro disse que da parte dele não há nenhum impedimento, “Muita coisa ainda terá que ser conversada, não posso vetar a entrada de nenhum Partido a coligação”, revelou.

Medes ainda citou o que seria o problema e o veto do PSDB ao PMDB, “Não podemos vetar um Partido porque um de seus filiados tem problemas com a justiça, até porque em todos os partidos assim como na sociedade existem bons e maus elementos”, finalizou.

Leia também:  Thiago cobra postura de Sachetti
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.