Foto: Valter Martins/Piracicaba em alerta
Foto: Valter Martins/Piracicaba em alerta

Uma promotora de vendas de 30 anos matou o marido de 27 anos com uma facada no peito, na noite desta segunda-feira (11), no bairro Serra Verde em Piracicaba (SP). A mulher afirmou à Polícia Civil que durante uma discussão, o desempregado lhe agrediu com um tapa no rosto e ela revidou com a faca. O crime aconteceu diante dos filhos do casal e a suspeita foi presa em flagrante por homicídio qualificado.

O desempregado chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o pronto-socorro do Piracicamirim, mas morreu no local.

A Polícia Militar foi chamada para atender a ocorrência de agressão entre casal, na Rua Maria Ferrari Braga, por volta das 20h. De acordo com o boletim de ocorrência, quando os policiais chegaram ao local, a vítima já tinha sido socorrida e a mulher afirmou ter cometido o crime.

Leia também:  'Rogério 157' chefe do tráfico da Rocinha é preso no Rio de Janeiro

Ela disse aos policiais que o marido havia lhe dado um tapa durante uma discussão e que, em seguida, ela se armou com a faca de serra e acertou um golpe no tórax do homem. A arma foi encontrada em cima da pia, na cozinha da casa.

Foto: Valter Martins/Piracicaba em alerta
Foto: Valter Martins/Piracicaba em alerta

Conforme o registro policial, a suspeita afirmou ainda que a discussão e a facada aconteceram na frente dos filhos do casal, um menino de 9 e outro de 3 anos que foram entregues à avó materna.
O caso foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil pela Polícia Civil. A promotora de vendas foi levada para a carceragem do 1º Distrito Policial (DP) e aguarda vaga em unidade prisional para ser transferida.

Leia também:  Após angioplastia, Temer passa bem e deve ter alta na segunda-feira, diz médico
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.