Antonio Juvenal Ricardo Marais, 20 anos e Marcelo Ferreira da Rocha, 22 anos, conhecido como “Beiço”, foram presos acusados de envolvimento em um homicídio que aconteceu no município de Juína (MT) (1.008 Km de Rondonópolis). Eles tiveram o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (12), em menos de uma semana após o crime que aconteceu na quinta-feira (7). Jonatan Willian Premoli, 24 anos, foi encontrado morto próximo a sua residência, na região do Módulo VI.

Os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Juína e após serem interrogados foram indiciados por crime de homicídio qualificado e serão levados ao centro de detenção provisória da cidade. A ação está inserida na operação da Secretaria de Segurança Pública, Carga Máxima, deflagrada para combater a criminalidade em todo Estado de Mato Grosso.

Leia também:  Derf prende foragido condenado a 11 anos de prisão em Rondonópolis

SOBRE O CRIME 

Segundo as investigações, a vítima foi alvejada com três disparos de arma de fogo, após a sua casa ser arrombada. Mesmo ferido, Jonatan tentou pedir socorro aos vizinhos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Assim que recebeu a notícia do crime, policiais da Delegacia de Juína iniciaram as diligências conseguindo identificar Antonio e Marcelo como autores do crime. Segundo a Polícia, o fato foi motivado por vingança, uma vez que Jonatan seria autor do homicídio que vitimou o irmão de Marcelo.

Outra informação repassada aos investigadores é que Antônio vendia drogas para Jonathan e a sua participação no crime poderia estar relacionado com o tráfico de drogas.

Uma arma de fogo foi apreendida durante o cumprimento de mandado de prisão.

Leia também:  Moto roubada é recuperada e jovem é detido pelos investigadores da Derf
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.