Denunciado há cerca de um mês por estupro da enteada, 11 anos, o suspeito Odimar Ferreira Santiago, 27 anos, foi preso nas primeiras horas desta sexta-feira (29), em uma propriedade rural localizada em Pontes e Lacerda. Segundo a Polícia Civil, há denúncia foi feita pela tia da menina no dia 30 de março.

Conforme a PJC, a mulher começou a suspeitar que a sobrinha estava sendo abusada pelo marido da irmã. Em depoimento à Polícia, ela contou que a menina morava com ela, mas que há cerca de oito meses foi morar com a mãe em uma fazenda.

Segundo a Polícia, a menina contou com riquezas de detalhes a violência sexual. Além disto, disse que era ameaçada e que apanhava do padrasto. A menina foi encaminhada para exame de corpo de delito.

Leia também:  Delação de Silval coloca Polícia Federal na casa de delatados

Após as provas colhidas na investigação da Polícia Civil foi requisita à prisão preventiva do acusado.

De acordo com o delegado que representa pelo caso, Gilson Silveira, após as investigações, o suspeito separou da mãe da menina e mudou-se para outra fazenda. “Hoje às 4h da manhã fomos lá cumprir a prisão, ele não resistiu”, informou Silveira.

O suspeito foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisório de Pontes e Lacerda.

Caso de homicídio

Ainda nesta sexta-feira (29) o suspeito de matar com seis tiros Fábio Gomes da Silva, no dia 15 de abril, teve o mandado de prisão preventiva cumprido. O suspeito Cleiton Ramos da Silva, 24 anos, foi preso ao comparecer à Delegacia acompanhado do advogado.

Leia também:  Idosa é atropelada por motoqueiro na avenida Brasil

De acordo com as investigações, o homicídio foi motivado por um acerto de contas entre a vítima e o autor. Desta forma, foi requisitada a prisão do acusado.  “Realizamos diversas diligências e acreditamos que ele tenha se apresentado diante do cerco que estavam sobre ele”, disse o delegado Gilson Silveira.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.