Olerindo Pedro de Barros, 63 anos, morto esta manhã - Foto: Reprodução
Olerindo Pedro de Barros, 63 anos, morto esta manhã – Foto: Reprodução

Uma recente onda de homicídios em Sorriso têm gerado boatos em todo o município de que todos os crimes teriam um só mandante e que ainda há uma lista de pessoas que serão assassinadas. Porém, o delegado Bruno Abreu, da Polícia Judiciária Civil, desmentiu as conversas e afirmou inclusive que nem todas as mortes estão relacionadas.

O delegado afirmou que o último crime, que vitimou neste domingo (24), Alaelson José Minzon, 40 anos, não está relacionada a morte de Ismael Rosa de Barros, 50 anos, e Olerindo Pedro de Barros, 63 anos.

Sobre a morte de Ismael e Olerindo, a polícia já tem dois principais suspeitos, que inclusive seriam pai e filho. Eles foram ouvidos, tiveram pedido de prisão preventiva solicitado, mas negam o crime.

Leia também:  Acidente na BR-163 deixa um homem morto; condutor do outro veículo fugiu

Já o caso de Alaelson está sendo investigado em sigilo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.