Celulares roubados que foram recuprados pela PM - Foto: José Antônio Araújo / AGORA MT
Celulares roubados que foram recuperados pela PM – Foto: José Antônio Araújo / AGORA MT

Edilson Gomes Bras, 25 anos foi preso no fim da tarde deste sábado (9) na avenida Califórnia quando seguia  sentido ao Bairro Primavera Três, onde reside em Primavera do Leste (MT). Segundo a Polícia Militar (PM), ele estava na garupa de um mototaxista quando foi abordado pelos militares, sendo localizado em sua mochila seis aparelhos celulares.  O rapaz é acusado de participar de um assalto na loja de eletrodoméstico localizada na avenida Porto Alegre, região central de Primavera do Leste.

Conforme informações do sargento Reginaldo, ao ser indagado sobre a origem dos celulares, o suspeito acabou confessando que teria participado do assalto na companhia de outros três indivíduos. Após a abordagem, a PM apreendeu na residência do acusado, dois notebooks. O rapaz alegou aos policiais que um dos produtos possui nota fiscal, mas ainda não foi apresentada a Polícia.

Leia também:  Jovem é preso por receptação no Jardim Itapuã
Suspeito Edilson Gomes Bras, preso em Primavera do Leste - Foto: Divulgação / PM
Suspeito Edilson Gomes Bras, preso em Primavera do Leste – Foto: Divulgação / PM

O assalto a loja ocorreu por volta das 09h da manhã deste sábado (9). Segundo informou a Polícia, dois  homens em posse de armas de fogo entraram no estabelecimento e anunciaram o roubo,  enquanto isso outros  dois ficaram no veiculo dando cobertura. Edilson confessou a Polícia que foi convidado apenas para dirigir o carro, que sabia do plano e que iria receber em troca aparelhos celulares.

Na ação, os suspeitos conseguiram subtrair vários aparelhos celulares que foram colocados em quatro caixas e depois  fugiram em um veículo Uno de cor vermelha  que foi abandonado no meio do matagal, em uma estrada que dá acesso a Colônia Russa. O veículo foi apreendido pela Polícia.

Leia também:  Pedra Preta | Casal é preso por tráfico de drogas durante operação conjunta da Polícia

Segundo Sargento  Reginaldo, dois suspeitos são de Rondonópolis e conseguiram fugir em outro veículo com parte do material roubado dando um prejuízo de mais de R$ 100 mil.  Para Polícia, Edilson  disse  que iria vender os celulares a qualquer preço para comprar drogas, o mesmo alegou que é viciado em pasta base de cocaína e que nunca teve ajuda de ninguém para se recuperar do problema.

Edilson tinha saído da cadeia apenas um mês, o mesmo estava preso por roubo e agora  deve retornar para a Cadeia Pública da cidade mais uma vez.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.