Na tentativa de evitar uma paralisação da Polícia Civil, o governador Pedro Taques (PSDB) convidou os representantes do Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso (Siagespoc-MT) para uma reunião às 14h desta quinta-feira (14). De acordo com o Sindicado, a pauta da reunião é para tratar do cumprimento da Lei 565/2015 que prevê o reajuste de 10% da categoria.

Ontem (13), o Sindicato havia convocado os filiados para uma Assembleia Geral nesta sexta-feira (16) para deliberar sobre o indicativo de greve. De acordo com o Siagespoc, a possibilidade da categoria entrar em greve ocorreu após a recusa do Governo do Estado em implantar a Lei 565/2015 que garante o reajuste da 10% a Polícia Civil.

Leia também:  Liminar suspende leis que dispensavam licenciamento para pequenas pisciculturas

O governador disse a imprensa local que a reunião marcada para hoje tem como intuito apresentar o cenário econômico aos investigadores e escrivães de Polícia e tentar encontrar uma melhor maneira de conseguir cumprir com o pagamento dos reajustes.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.