A Secretaria Municipal de Cultura de Rondonópolis – Secult foi selecionada para participar do projeto 10ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo, realizada pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e produzida pelo Instituto Cultura em Movimento – ICEM.

A Mostra dedica-se a apresentar obras audiovisuais que discutem temas atuais de Direitos Humanos. Serão exibidos filmes de curta, média e longa metragem nas 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal, em cidades do interior do país e em embaixadas brasileiras e consulados no exterior, com foco na inclusão social e no debate sobre Direitos Humanos, por meio de sessões gratuitas.

Em Rondonópolis as exibições serão no mês de maio no Museu Rosa Bororo e no auditório da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT. É a segunda vez que a Secult é contemplada com o projeto. Em 2014, a 8ª edição da Mostra debateu sobre os Direitos Humanos na América do Sul.

Leia também:  Preço da carne de 1ª reduz e consumidor pode comemorar em Rondonópolis

Todos os inscritos que foram selecionados receberão o Kit Difusão, contendo obras audiovisuais cujo conteúdo contempla aspectos relacionados aos Direitos Humanos, tais como: Direitos das pessoas com deficiência; População LGBT/enfrentamento da homofobia; Memória e verdade; Crianças e adolescentes; Pessoas idosas; População negra; População em situação de rua; Mulheres; Direitos Humanos e segurança pública; Proteção aos defensores de Direitos Humanos; Combate à tortura; Registro civil de nascimento; Situação prisional; Saúde mental; Democracia e Direitos Humanos.

“Quando recebermos o kit difusão, com os filmes e as informações completas, divulgaremos a programação das atividades”, anunciou o secretário Municipal de Cultura, Luciano Carneiro Alves.

Sobre a Mostra

Criada em 2006 como uma das ações estratégicas da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) para celebrar o aniversário da Declaração Universal de Direitos Humanos, a Mostra Cinema e Direitos Humanos foi expandida ao longo dos últimos 10 anos e, atualmente, ocorre em todas as capitais do Brasil.

Leia também:  Trajes de quadrilhas estão mais modernos e lojistas lucram com encomendas em Rondonópolis | TV Agora

A Mostra é uma das estratégias do Governo Federal para consolidação da cultura e da educação em Direitos Humanos, ampliando espaços de debate e discussão por meio da linguagem cinematográfica e contribuindo para a formação de uma nova mentalidade coletiva para o exercício da solidariedade, do respeito às diversidades e da tolerância.

Nestes dez anos, a Mostra expandiu em alcance e em escopo – da América do Sul para o Hemisfério Sul, e agora, na 10ª Edição, como Mostra Internacional, além de contar, pelo terceiro ano consecutivo, com cerca de 1.000 pontos de difusão pelo país, assumindo assim um caráter descentralizador e democrático.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.