Por Maria Augusta Ribeiro*

Hoje as redes sociais passaram de simples conexões para ambientes sofisticados, que vendem, influenciam e comunicam de forma diferente.  Mas porque estamos em tantas redes e não atingimos ninguém? Saiba quais os pecados comportamentais mais praticados em ambiente digital que evitam a interatividade.

Gula: O desejo insaciável por alimento no real invade o digital e o conhecido “fominha” ataca com publicações em excesso, utiliza hashtags demasiadamente ou usa do humor exacerbado para atrair para a sua rede pessoal ou profissional.

Preguiça: Linkedin, Facebook, instagram e inúmeras outras redes sociais em que esta presente não funcionarão sem você. Por isso não adianta estar lá se você não responde as perguntas dos seus cliente, não interage com seu público ou simplesmente ignora a possibilidade de compartilhamento de conteúdo alheio.

Leia também:  Não se aposente da vida

Avareza: O apego em excesso aos bens materiais vai do real ao virtual. E investir em bens de consumo que depois não terá como pagar para gerar selfies luxuosos, procurar destinos exóticos só para ser diferente ou ostentar uma realidade financeira que não é a sua é pecado.

Hello! A onda digital é ser verdadeiro e engajar com o que têm, não com o que possui.

Ira: Hoje os valores morais estão em crise e não precisa de muito esforço para gerar ira nas redes sociais, basta emitir uma opinião contraria que alguém certamente fará observações desagradáveis.

Muitos se utilizam dessa estratégia para gerar interesse de terceiros. Atençao: Isso pode ser tachado de  “bulliyng digital”, o que  é considerado crime e pode render-lhe  a perda do emprego por justa causa, processos por danos morais e materiais e em alguns países até cadeia.

Leia também:  Gordura pode voltar após uma lipo? Mito ou verdade?

Luxuria: O domínio por paixões egoístas e a necessidade de ter todo o prazer do mundo imperam em ambientes virtuais. Nunca se vendeu tanto pelas redes sociais com apelo em corpos cada vez mais sarados, rostos cada vez mais maquiados e fotos baseadas em “Nude”.

O resultado desse comportamento é avassalador. E para ser fitness muitos deixam de ser saudáveis, recorrendo a cirurgias plásticas para se alcançar um padrão que não é o seu e exploram a nudez para influenciar um publico cada vez mais jovem.

Inveja: O olhar malicioso é rei em universo digital, já que para apreciar o belo sempre terá alguém depreciando e emitindo um comentário invejoso apenas para pegar carona na popularidade do outro e  influenciar.

Se nao concorda com comentário emita pontos de vista e não o desrespeito; Não gostou do “Look do Dia” guarde para você; aquele perfil não te agrada não siga.

Leia também:  A Tirania da Alegria Digital

Soberba: A superioridade, o orgulho e a arrogância são expressadas sempre que julgamos o conteúdo alheio, o bom gosto ou a incapacidade intelectual de alguém. E isso fica evidente nas redes sociais pois a conexão é instantânea.

O ser humano esta tão carente de relações de verdade que transfere esta angustia para as rede sociais e o desejo de ser ouvido fica evidente a medida que não importa quem ouça.  Então se esta nas redes sociais procure adotar a politica de boa vizinhança e em vez de fazer um post para engajar tenha uma atitude de verdade: Use o bom senso!

*Maria Augusta Ribeiro escreve para o Belicosa.com.br é Coordenadora de Comunicação da BPW América Latina

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.