Vereador Thiago Silva - Foto: assessoria
Vereador Thiago Silva – Foto: assessoria

O vereador Thiago Silva (PMDB), apresentou ontem (4), uma indicação à prefeitura municipal reivindicando apoio ao Poder Executivo para implantação de uma clínica-escola para os autistas de Rondonópolis.

Segundo o vereador a clínica-escola não irá substituir o ensino na escola regular, uma vez que, funcionará como local de triagem para casos mais graves de autismo, cujos portadores apresentam hipersensibilidade. Além de psicólogos e fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e neuropediatra para diagnóstico, também funcionará como centro de capacitação de profissionais que lidam ou pretendam lidar com portadores da síndrome.

Para Thiago Silva, a clínica-escola servirá de modelo para todo o Estado, não só no tratamento de autistas, mas na formação e capacitação de profissionais. “A implantação desta escola representa um grande avanço para as famílias de autistas. Hoje no Brasil há uma legião de adultos autistas que nunca foram tratados. Poucas pessoas sabem lidar com a síndrome e por isso a clínica-escola é importante, especialmente no esclarecimento às famílias e formação de profissionais das áreas de saúde e educação”, afirma o parlamentar.

Leia também:  Vereador vai à Cuiabá procurar parcerias entre os poderes

“Este espaço servirá para inclusão dos portadores de autismo na escola e na sociedade. Nosso objetivo é minimizar o sofrimento das mães. A clínica-escola não irá eliminar o trabalho nas escolas, ela ajudará no atendimento aos casos mais extremos e na inserção deles na rede regular”, ressaltou Thiago Silva.

Ele lembra que na última sessão da Câmara Municipal a promotora de justiça Joana Ninis disse que está trabalhando a viabilização de recursos para implantação da clínica-escola. “ Agora precisamos da contrapartida do poder público para concretizar este importante projeto para os autistas de nossa cidade”, finalizou o vereador.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.