Secretário de saúde esteve na reunião com o prefeito de Rondonópolis - Foto: Ronaldo Teixeira/AGORAMT
Secretário de saúde esteve na reunião com o prefeito de Rondonópolis – Foto: Ronaldo Teixeira/AGORAMT

Os médicos da Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis devem encerrar a paralisação e retomar os atendimentos pelo Sistema Único de Saúde ainda nesta terça-feira (03). A possibilidade surgiu após uma reunião hoje (2) na prefeitura com o gestor Percival Muniz (PPS), o secretário de Saúde de Mato Grosso, Eduardo Bermudez, representantes da Santa Casa e vereadores.

Durante a reunião, o secretário do Estado afirmou que foram feitos os repasses com relação as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), na última sexta-feira (29). Ele ainda se comprometeu em fazer os repasses com relação aos procedimentos de média e alta complexidade.

“Com relação as UTIs, já fizemos o repasse na sexta-feira e hoje se planejou em repassar os leitos de UTIS. Agora estamos agora estruturando para o orçamento para o repasse do MAC de janeiro, fevereiro e março que devemos fazer ao final desta semana no máximo,” disse o secretário.

Leia também:  Inscrições para a 3ª Feciti encerram-se na próxima segunda-feira (31)

De acordo com o diretor administrativo da Santa Casa, Kemper Pereira, os atrasos por parte do município já foram sanados, contudo, o que faltava era uma confirmação por parte do Estado de que iriam efetuar os repasses.

 “O município não possui débitos com a Santa Casa, já com o Estado nós tínhamos R$ 2,6 milhões. Foi feito um repasse na semana anterior e hoje nessa conversa ficou acordado que o Estado repassaria o restante, já foi feito o valor referente às UTIs, onde a prefeitura fez o repasse para Santa Casa aqui mesmo durante esta audiência, ficando basicamente acertado o atrasado,” explicou Kemper.

Sobre o retorno dos médicos ao atendimento pelo SUS, o diretor explicou que será feita uma reunião da direção clínica com os representantes da comissão da paralisação. “Se tudo tiver certo com certeza amanhã provavelmente o final da paralisação,” explicou o diretor.

Leia também:  Rondonópolis | MPT divulga edital para cadastro de entidades que poderão ser beneficiadas com destinações

O prefeito Percival Muniz comemorou o acordo com as partes e pediu o retorno das atividades na Santa Casa. “Agora já entendemos que a Santa Casa pode funcionar a todo vapor, que as pessoas estão aguardando,” disse o gestor.

Ainda foi pedido pela prefeitura para que fosse feitos mutirões para sanar o número de pessoas que aguardam na fila por cirurgias eletivas. “Pedimos por mais mutirões de cirurgias eletivas, que tem uma fila grande, queremos fazer um mutirão da Santa Casa. O município entra com 25%, a Santa Casa com 25%, e o Estado com 50%,” concluiu o prefeito.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.