Deputado Nininho - Foto: assessoria
Deputado Nininho – Foto: assessoria

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Frigoríficos, deputado Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, apresentou na terceira reunião ordinária da CPI, nesta terça-feira (3), os requerimentos que foram encaminhados para as empresas frigoríficas que estão sendo investigadas e às prefeituras dos municípios sede.

O presidente da CPI também oficializou, por intermédio da Casa Civil, o Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), para que remeta à Comissão Parlamentar o relatório contendo relação nominal e quantidade das empresas frigoríficas de abate de bovinos, que possuem Serviço sob Inspeção Municipal (SIM) com seus respectivos CNPJ, nos últimos dez anos.

A CPI também oficializou o Banco da Amazônia (BASA), enviando requerimento onde solicita a cópia de todos os projetos que culminaram com a liberação de recursos para empresas frigoríficas de abate de bovinos sediados ou em atividade em Mato Grosso.

Leia também:  Cármen Lúcia assume a Presidência da República nesta sexta

“Esses projetos devem ser encaminhados de forma individualizada, com relatório financeiro atual e com as considerações técnicas acerca da regularidade ou eventuais irregularidades”, explicou o deputado.

A Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) também foi oficializada. Foram solicitadas cópias de todos os projetos, como processos integrais, inclusive seus relatórios de fiscalização, que culminaram com a liberação de recursos para as empresas frigoríficas.

Para chegar às informações necessárias, a CPI solicitou ainda à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (SEDEC), por intermédio da Casa Civil, que remeta relatório contendo todas as empresas do ramo frigorífico que usufruíram de benefícios estaduais, especialmente isenções fiscais, nos últimos dez anos.

Leia também:  José Dirceu tem até 17h para se entregar à Polícia Federal

Para as empresas frigoríficas investigadas, a equipe técnica da CPI oficializou documento solicitando identificação (nome, RG e endereço) dos responsáveis de três departamentos das empresas: administrativo, técnica e operacional e pela área de compra de cada planta de abate de bovinos.

Para a reunião especial, programada para o dia 20 deste mês, no município de Mirassol D’Oeste, a CPI convocou os prefeitos e presidentes das Câmaras Municipais dos municípios de Mirassol D’Oeste (Elias Mendes Leal e Sérgio dos Santos, respectivamente); São José dos Quatro Marcos (Carlos Roberto Bianchi e Renilson Senhorinho); de Cáceres (Francis Maris Cruz e Márcio de Lacerda); e Pontes e Lacerda (Donizete do Nascimento e Pedro Vieira), além dos produtores rurais Amarildo Merotti e João Oliveira Gouveia.

Leia também:  Ranking mostra classificação dos melhores Senadores e Deputados de MT

Além do presidente Nininho, e do relator da CPI, deputado José Domingos Fraga (PSD), também participaram da reunião desta terça-feira, os deputados Eduardo Botelho (PSB), Wilson Santos (PSDB), Pedro Satélite (PSD) e Wagner Ramos (PR).

A próxima reunião ordinária está programada para acontecer dia 10, às 9 horas, na sala das comissões 201.

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.