O agachamento é um dos exercícios que mais exigem cuidado. Foto: iStock, Getty Images
O agachamento é um dos exercícios que mais exigem cuidado. Foto: iStock, Getty Images

A coluna é uma das partes mais importantes do corpo: a responsável pela estabilidade e sustentação dos membros. É também uma das regiões mais lesionadas durante a prática de musculação, devido a exercícios realizados de forma errada ou com excesso de peso. Para ter mais segurança e não prejudicar a saúde, é preciso saber como malhar corretamente.

Além disso, fortalecer a região também com exercícios específicos para a lombar e abdômen também é fundamental. Tudo, é claro, com orientação profissional e respeito aos seus limites.

Importância dos cuidados com a coluna

A coluna possui 33 vértebras, além de abrigar a medula, canal de comunicação entre o cérebro e o corpo. É composta por músculos, nervos e discos, sendo responsável pela sustentação, mobilidade e agilidade de toda a estrutura corporal.

“É o pilar do nosso corpo, por isso devemos ter um cuidado especial com ela”, lembra Ana Maria Alves Grec, professora da academia Bio Ritmo. Segundo dados da Pesquisa Nacional da Saúde 2014, realizada pelo IBGE, 18,5% da população adulta do Brasil é acometida por doenças crônicas na coluna, o que representa cerca de 27 milhões de pessoas.

Leia também:  Eu posso escrever o final da minha história

Na hora da musculação, é importante proteger a região para evitar danos que podem se tornar mais graves. Além disso, fortalecer a coluna com exercícios contribui para aliviar dores nas costas, tratar e evitar complicações. O praticante deve buscar formas de como malhar corretamente e da melhor maneira para o seu caso.

“Para protegê-la devemos tomar alguns cuidados, como fortalecer o core (região composta pelos músculos abdominais, oblíquos e lombares), pois mantendo-o fortalecido melhoramos a execução dos movimentos e, assim, reduzimos riscos de lesão nos exercícios mais complexos”, aponta ainda a professora.

Como malhar sem prejudicar a coluna

Ana Maria alerta que não é comum sentir desconforto ou dor durante a prática de exercícios, sendo esse um sinal enviado pelo corpo de que algo está errado. No caso da coluna, o quadro de incômodos costuma estar presente para quem excede a carga ou realiza o exercício de forma incorreta.

Leia também:  Saiba como baixar o ácido úrico no sangue

Um dos principais cuidados na hora de saber como malhar sem prejudicar a região é realizar uma avaliação médica antes de começar a prática, para verificar a condição física e iniciar um treino com exercícios adequados às características, limitações e objetivos de cada pessoa.

Já durante a prática dos exercícios, Ana Maria indica como cuidados importantes priorizar a qualidade do movimento (e não a quantidade), não exceder a carga e manter o abdômen sempre em contração. Além disso, o atleta deve manter uma postura correta, descansar entre as séries e respeitar o programa estabelecido pelo professor.

Os exercícios mais perigosos para a coluna e que exigem ainda mais cuidados de como malhar corretamente, segundo Ana Maria, são aqueles de maior complexidade. Ou seja, os multiarticulares e dos membros inferiores.

Leia também:  Confira 22 truques culinários que turbinam a saúde

“Um exemplo é o agachamento livre com barra nas costas, que faz compressão do peso na coluna se for realizado incorretamente”. Além de saber como malhar e realizar os exercícios corretamente, outra forma de evitar danos é fortalecer a região do core. Para isso, é importante ter uma atenção especial com a lombar.

E aí, aprendeu algumas dicas de como malhar corretamente? Aproveite e compartilhe o artigo com aquele seu amigo que adora um treino.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.