Reprodução
Reprodução

Um homem de 40 anos foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), nesta quinta-feira (12), com 170 diamantes, em Jataí, no sudoeste de Goiás. A corporação informou que ele estava viajando em um ônibus e tentou evitar a revista saindo do transporte para pegar um táxi, mas foi encontrado na cidade e detido.

A rota que o motorista do ônibus iria fazer não passaria pelo nosso posto. Então um policial pediu que ele passasse no local para fazer a vistoria, ainda na rodoviária de Jataí. Quando o condutor avisou que isso iria acontecer, o passageiro pediu para descer, pegou as malas disse que iria pegar um táxi”, contou ao G1 o inspetor da PRF Newton Moraes.

Leia também:  Casal é encontrado enterrado em varanda de casa, filha é a principal suspeita

Conforme o inspetor, o motorista informou o acontecimento à PRF assim que chegou ao posto. Uma equipe foi até a cidade e encontrou o homem em um posto de combustíveis enquanto o taxista abastecia o veículo. Após a revista, os policiais encontraram as pedras escondidas na bolsa.

Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Foto: Reprodução/TV Anhanguera

“Ele contou aos policiais que havia comprado as pedras em Cuiabá por R$ 20 mil e iria revendê-las em Brasília, mas não sabemos quanto realmente elas valem” esclareceu Moraes. Para extrair e transportar as pedras, ele deveria ter documentos que autorizassem a condução, mas nenhum desses papeis foi apresentado pelo suspeito.
Os diamantes foram apreendidos, e o homem levado à Polícia Federal. O suspeito deve responder por usurpação de bens da união e, se for condenado, pode ficar preso de um a cinco anos.

Leia também:  Juiz autoriza 486 presos do semiaberto a deixarem presídio durante a noite
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.