Um menino de 10 anos morreu e pelo menos outras 24 crianças ficaram feridas na colisão entre um ônibus escolar que transportava 57 estudantes e um caminhão em Cantagalo, Região Serrana do Rio. O acidente aconteceu na manhã desta segunda-feira (2) na RJ-160, na altura do bairro BNH. David Simas de Paula Miguel chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes de chegar ao Hospital Municipal.

Foto: Reprodução/SF Notícias
Foto: Reprodução/SF Notícias

Segundo o Corpo de Bombeiros, ao todo, nove crianças foram socorridas e levadas à unidade de saúde pelas ambulâncias. As outras foram encaminhadas pelas próprias famílias. Segundo a unidade de saúde, dessas, duas estão em estado grave e passam por cirurgias. As outras estão em observação. Ainda segundo o hospital, o número de feridos pode ser ainda maior, já que as próprias famílias estão atuando no socorro.

Leia também:  TSE lança título de eleitor digital em Android que pode substituir documento impresso na votação

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, os passageiros são alunos das escolas municipais Alberto Augusto Thomaz (bairro Cantelmo), Lameira de Andrade (Centro) e Maria Bellieni D’Olival (bairro Santo Antônio), e estavam indo para a escola quando o acidente aconteceu. Ainda segundo a Secretaria de Educação, o motorista do ônibus relatou que a neblina da manhã e o sol ofuscaram sua visão.

“Ele também disse que o caminhão (que transportava água) estava parado à beira da pista (talvez com algum problema mecânico) e sem a devida sinalização”, informou a nota enviada.

Policias do Instituto Técnico de Nova Friburgo irão fazer uma perícia no local para esclarecer o motivo do acidente. O corpo do menino foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Nova Friburgo. O horário e o local do sepultamento da vítima não foram definidos.

Leia também:  Criança consegue fugir e pedir ajuda após ver pai matando a facadas mãe e irmãos

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação informou ainda que está prestando todo o apoio necessário, como assistência social e psicológica aos pais e familiares, além de cobrir as despesas com o funeral. Psicólogos da secretaria vão atender as crianças envolvidas no acidente.

As repartições públicas municipais estão com as bandeiras a meio mastro. O prefeito Saulo Gouvêa informou que vai assinar decreto de três dias de luto oficial pelo falecimento do menino David Miguel.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.