Um homem – que não teve o nome revelado – foi preso na manhã desta segunda-feira (9), após ser identificado pela Polícia Civil como o autor de um atropelamento que causou a morte de um morador de rua, em Lucas do Rio Verde. O fato ocorreu em 17 de abril deste ano, no bairro Cidade Nova. Inicialmente, o caso foi registrado como homicídio culposo (quando não há intenção), contudo, após verificar as imagens da cena do crime, verificou-se que o investigado teria atropelado intencionalmente o idoso.

O fato ocorreu nas proximidades do Posto de Saúde Central, na avenida São Paulo, no bairro Cidade Nova. Segundo o site Cenário MT, a Polícia Civil tomou conhecimento do fato apenas no dia seguinte. A ocorrência foi registrada inicialmente como homicídio culposo, onde soube-se também que o motorista havia saído do local sem prestar socorro.

Leia também:  Motorista sem CNH mata motociclista idoso ao fazer ultrapassagem proibida na MT-358

Após identificar o local do acidente, a Polícia requisitou as imagens da câmera de segurança e nelas foi possível chegar ao autor do fato. Conforme as investigações, segundo o site local, o crime foi motivado em razão do motorista estar incomodado com a presença do senhor Francisco Vianei dos Santos Silva, que é morador de rua. A vítima apresentava sinais de transtorno psiquiátrico e utilizava a obra em construção do suspeito como abrigo.

Após o atropelamento, a vítima veio a óbito no dia seguinte em virtude de traumatismo crânio encefálico e sepultado como indigente. Diante dos fatos, o delegado representou pela prisão temporária do investigado e apreensão do veículo usado como instrumento do crime.

O investigado será indiciado, conforme os elementos de prova, por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e recurso que dificultou ou impossibilitou a defesa da vítima.

Leia também:  Derf prende suspeito com armas, drogas, munições e R$ 7 mil

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.