A 7ª etapa do Circuito Estadual de Tênis será realizada de 17 a 22 de maio, na Academia Ace Tênis, em Primavera do Leste. O torneio, planejado pela Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), terá Classes e Infanto-juvenil, masculino e feminino, com participação aberta para tenistas da capital e interior, federados ou não filiados. E, dentre as disputas pela liderança do ranking, Teófilo Barros Jr e Flávio Muller, na 1ª Classe acima de 34 anos, é das mais acirradas.

No ano passado, Teófilo Barros Jr foi o campeão do ranking estadual com 960 pontos, na 1ª Classe Acima, e Flávio Muller foi o vice-campeão com 850 pontos. E, neste ano, ambos seguem sem obstáculos ou interferências na disputa pelo título de 2016. Barros Jr na frente com 360 pontos, mas Muller logo atrás já fungando o cangote com 300. E a sétima etapa será essencial para a manutenção ou mudança de status na classificação, resta saber se os 2 vão participar.

Leia também:  Em competição em Cuiabá, estudantes de Rondonópolis se classificam para Jogos Brasileiros

Neste ano, Teófilo e Flávio se enfrentaram na final da terceira etapa do Circuito Estadual, com vitória de Barros por dois sets a zero e parciais de 6/4 e 6/1. Outro duelo decisivo entre os dois foi na final da última fase do Circuito de 2015, o qual Barros venceu Muller por dois sets a zero e parciais de 6/3 e 6/1, que definiu o título de campeão mato-grossense. Mas Flávio está com moral alta pela conquista da quarta etapa em Sinop, apesar de Teófilo não ter disputado.

Nas demais Classes, os líderes são Rivaldo Barbosa na 1ª Classe abaixo de 34 anos, Maria do Carmo Mendes na 1ª Classe feminina, Tiago Castro na 2ª Classe, Joilson Borges na 3ª Classe, Guilherme Passani, Anderson Rampim e Diego Pereira empatados na 4ª Classe, Bryan Kuntz na categoria infanto-juvenil de até 14 anos e Gabriel Vonjonie na até 16 anos. Mas as pontuações entre líderes e vice-líderes são aproximadas, o que permite ultrapassagens no primeiro vacilo.

Leia também:  Diretoria do União deve apresentar equipe dia 14

Torneios Adiados

O presidente da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), Rivaldo Barbosa conta que duas das sete etapas não foram realizadas por contratempos nas programações locais dos clubes responsáveis pelo sediamento. E, segundo ele, como este é o primeiro ano com um número tão expressivo de torneios (17), aumento de 143% em comparação com o ano anterior, eram esperados que acontecessem alguns imprevistos, que ainda serão contornados.

“A quarta etapa, que ocorreria de 12 a 17 de abril, na Vila do Tênis, em Nova Xavantina, e a sexta etapa, que seria de 03 a 07 de maio, na academia Tennis Company, em Cuiabá, foram adiadas. Ambas podem vir a acontecer no segundo semestre deste ano”, comentou o dirigente da instituição organizadora, Rivaldo Barbosa.

Leia também:  Internacional pode ser excluído da Série B após denúncias de documentos falsificados

Torneios Posteriores

A 8ª etapa será realizada pelo Tênis Clube, de 07 a 12 de junho, em Cuiabá. A 9ª etapa será no Canarana Esporte Clube, de 14 a 19 de junho, em Canarana (608 km da capital). E a 10ª etapa ocorrerá no Barra Tênis Clube, de 26 a 31 de julho, em Barra do Garças (522 km de Cuiabá).

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.