O projeto visa mais segurança nas escolas - Foto: assessoria
O projeto visa mais segurança nas escolas – Foto: assessoria

O 4º Comando Regional da Polícia Militar de Rondonópolis (MT) reativou o projeto ‘Ronda Escolar’ com policiamento específico, palestras e interação dos policiais com alunos, professores e diretores de 55 escolas públicas estaduais e municipais.

Das 14 motocicletas destinadas recentemente à segurança na região de Rondonópolis, agora duas servem exclusivamente ao policiamento preventivo e repressivo do entorno das escolas.

Projeto na Escola - Foto: assessoria
Projeto na Escola – Foto: assessoria

Além da prevenção e repressão da violência que vem de fora para dentro das escolas, os policiais também são chamados a conversar com alunos em situação vulnerável, indisciplinados ou que apresentam desvio de comportamento.

Atendendo solicitação dos diretores e professores, o ‘Ronda Escolar’ promove encontros para falar de violência, família, bullying, direitos e deveres, entre outros. A coordenadora do projeto, tenente Bruna Karen Rodrigues Porto, explica que essas abordagens são em forma de palestras ou mesmo bate-papos, sempre com uma linguagem de fácil compreensão pelos alunos.

Leia também:  Derf prende traficante com armamento pesado no Ipiranga III em Rondonópolis

Seja na sala de sala ou pátio recreativo, com grandes ou pequenos grupos, ou mesmo individualmente, os policiais conversam com as crianças e os adolescentes. Os encontros são marcados pela curiosidade e a alegria. O cabo Nelson de Castro Alves diz que é um trabalho gratificante que o faz sentir-se realizado.

De acordo com ele, além de se interessar pelas palestras, os estudantes estão sempre em busca de respostas às suas próprias dúvidas. Segundo o cabo Nelson, chama a atenção o número de crianças que querem saber sobre tornozeleira eletrônica. Alguns, dizem, porque têm pessoas na família que usam o equipamento. Outros, por terem a curiosidade aguçada por reportagens veiculadas na mídia.

O diretor da Escola Estadual Amélia Oliveira Silva, no Parque Universitário, professor Valdo Willian dos Santos, avalia a reativação do projeto com uma das mais importantes medidas de Segurança Pública em Rondonópolis.

Leia também:  Monte sua ceia de Natal gastando até R$ 200 em Rondonópolis

“Os policiais são corteses e realmente estão preparados para lidar com jovens. Muito bom mesmo o serviço oferecido à escola”, avalia. A unidade escolar que o professor Valdo dirige tem 900 alunos (do 7º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio).

Crianças beneficiadas pelo projeto - Foto: assessoria
Crianças beneficiadas pelo projeto – Foto: assessoria

Diretora da Escola Odorico Leocádio da Rosa, a professora Cilene Moreira dos Santos relata que desde que as rondas escolares foram retomadas praticamente não há registros de furtos de celulares e outras situações de violência envolvendo estudantes dentro e nas proximidades da escola.

“Esse trabalho é fundamental e vem sendo extremamente positivo”, avalia. Na Escola Odorico, que tem 950 alunos matriculados, os policiais ensinam os estudantes a não andar sozinhos, não exibir celular no percurso entre a casa e a escola, entre outras questões.

Leia também:  Nova Ubiratã | GCCO impede furto a banco e apreende ferramentas que seriam utilizadas no crime

O 4º Comando Regional de Rondonópolis é comandando pelo tenente-coronel Maurício Monteiro Domingues. No projeto ‘Ronda Escolar’ atuam a tenente Bruna, cabos Nelson, Felipe, João, Lucivaldo e soldado Gustavo.

Motocicletas

Em fevereiro deste ano, o Governo do Estado, através da Secretaria de Segurança Pública (Sesp), adquiriu 174 motocicletas. Os 15 comandos regionais da Polícia Militar receberam os novos veículos: Cuiabá ficou com 40, Várzea Grande 21, Sinop 12, Rondonópolis 14, Primavera do Leste nove, Barra do Garças, Cáceres e Juína com oito cada cidade, Tangará da Serra, Água Boa, Pontes e Lacerda e Nova Mutum cada cidade com seis, Alta Floresta quatro, Vila Rica dois e Peixoto de Azevedo quatro. Além de 20 motos para as unidades das Forças especializadas – Bope, Rotam, Trânsito e Polícia Ambiental.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.