Operação da polícia - Foto: assessoria
Operação da polícia – Foto: assessoria

Uma quadrilha especializada em roubos e receptação de veículos foi presa em flagrante pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERRFVA), da Polícia Judiciária Civil (PJC), nos bairros Duque de Caxias e Alvorada, na capital Cuiabá (215 Km de Rondonópolis). Erivaldo Bomdespacho da Silva, 39 anos, conhecido por Eris, Maicon Douglas Guimarães da Silva, 19 anos, o “Cajú”, Edvaldo Bomdespacho da Silva, 44 anos, conhecido como “Vado” e Danielly Cristina de Souza Guimarães, 21 anos, vão responder por crimes de associação criminosa, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Os quatro foram encaminhados à audiência de custódia, com pedido do delegado Marcelo Martins Torhacs pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva.

Leia também:  Motorista é preso por embriaguez ao volante e ameaça testemunhas

O grupo foi preso nas investigações do roubo de um veículo Hyundai/HB-20 1.6, branco, ano 2014/2015, roubado. O automóvel foi localizado sem as placas de identificação, retiradas para dissimular a origem ilícita do bem.

A PC descobriu que o veículo foi tomado de assalto por Erivaldo Bomdespacho na última sexta-feira (6), em frente ao Residencial Paladine III, no bairro Consil, na capital.

O delegado Marcelo Torhacs destacou que a Delegacia vinha recebendo informações referentes a um dos envolvidos, o Maicon Douglas, familiares e outras pessoas, que estariam praticando crimes patrimoniais relacionados a veículos. O grupo também é suspeito do roubo de dois veículos em um lava-jato de Cuiabá, ocorrido recentemente. O caso está sob investigação na Especializada.

Leia também:  Passageiro é preso com mais de 13 kg de cocaína escondidos em mala

Buscas

Em buscas na casa dos autuados, os investigadores encontraram vários objetos subtraídos no roubo, inclusive, peças de roupas das vítimas que eram usadas pela suspeita Danielly.

Durante as diligências, um jovem compareceu em uma das casas, exibindo uma cédula de R$ 10,00, solicitando uma “parada de 10”, referindo-se à droga. Ele foi abordado pelos investigadores. Na casa, de propriedade de Edvaldo, os policiais realizaram busca minuciosa, mas nenhuma droga foi encontrada.

O veículo Hyundai/HB-20 e demais objetos recuperados foram restituídos às vítimas.

Antecedentes

O suspeito Edvaldo, o “Vado”, possui condenação por tráfico de drogas, sendo reincidente no crime com condenação definitiva. Ele estava usando tornozeleira eletrônica. Seu irmão, Erivaldo Bomdespacho da Silva, o “Eris”, também é reincidente, possui condenação por crime de homicídio. Já o jovem Maicon Douglas, possui registro de antecedentes por porte ilegal de arma de fogo.

Leia também:  Garoto de 8 anos fica gravemente ferido após ataque de 4 pitbulls
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.