Foto: Parecis.net
Foto: Parecis.net

Um brasileiro e um boliviano, apontados como autores do roubo de um avião e sequestro do piloto ocorrido no município de Sinop, foram presos pela Polícia Judiciária Civil (PJC) nesta segunda-feira (20), em Comodoro (oeste de MT).

Segundo a PJC, Renan Lustig Cebalho, 22, e o boliviano Carlos Riveiro Roca, 39, foram presos em flagrante, após investigação da Delegacia de Polícia de Campo Novo dos Parecis, com apoio operacional de policiais civis de Comodoro. Com os suspeitos, foram apreendidas duas armas de fogo usadas no crime.

O roubo da aeronave ocorreu na noite de domingo (19), em Sinop. Na ocasião, o piloto foi rendido pelos assaltantes e forçado a decolar com destino à Bolívia. Por falta de combustível, a aeronave teve que fazer um pouso forçado em Campo Novo dos Parecis.

Leia também:  Dupla armada faz família refém em assalto à residência no bairro Santa Cruz
Material apreendido pela PJC – Foto: Divulgação

Após o pouso, os indivíduos em poder do piloto seguiram caminhando até o centro da cidade, onde o refém foi obrigado a sacar todo o dinheiro de sua conta e entregar aos suspeitos. Depois do saque, a vítima foi libertada.

Imediatamente, a Polícia Civil iniciou investigação e descobriu que os dois homens havia embarcado em um ônibus para Comodoro. Com base nas informações levantadas, policiais civis de Comodoro foram acionados e realizaram a abordagem dos suspeitos dentro do ônibus, no trevo da BR-364, nas proximidades do Posto JK.

Com os suspeitos foram apreendidos dois revólveres utilizados para a prática do crime. A dupla foi levada para a Delegacia de Polícia de Comodoro e hoje (21) conduzidos para Campo Novo dos Parecis, onde serão autuados em flagrante pelos crimes de roubo qualificado e sequestro.

Leia também:  Cuiabá | Retrato falado do motorista que atropelou a travesti Natalia é divulgado pela Polícia Civil
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.