Um aviso exposto na Coordenadoria de Assistência Farmacêutica (CAF), no bairro São Lázaro, Zona Norte de Macapá, informa a falta “temporária” de duas marcas de insulinas, hormônios usados por diabéticos. A central é responsável por distribuir os medicamentos de forma gratuita na rede pública de saúde.

Foto: Fabiana Figueiredo/G1
Foto: Fabiana Figueiredo/G100

“Comunicamos que as insulinas Apidra e Lantus encontram-se temporariamente indisponíveis para dispensação”, cita o comunicado. Não há informações sobre desde quando há a indisponibilidade dos medicamentos.
O publicitário e jornalista Walter Júnior, de 60 anos, contou que foi até a sede da CAF nesta quinta-feira (23) para pegar quatro unidades do medicamento, chamado de “caneta”, suficientes para um mês, e encontrou o aviso. Ele é diabético e precisa tomar insulina todos os dias.

Leia também:  Capitão da PM é afastado após prender cavalo que deu coice em carro

“Eu estive lá hoje de manhã e não tinha. O que me surpreendeu foi que a moça que me atendeu disse que não tem previsão para o fornecimento. Agora vamos ter que comprar na rede particular. [Cada uma] custa em torno de R$ 180 a R$ 200, e dá para dois dias. Por isso as pessoas recorrem ao SUS [Sistema Único de Saúde]”, comentou o Walter, que procura a coordenadoria uma vez ao mês.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.