Uma menina de seis anos foi estuprada e morta com requintes de crueldade no povoado de Esperantina, município de Santa Luzia, distante cerca de 190 km de São Luís (MA). O suspeito foi preso e confessou o crime. O homem utilizou um tronco de árvore para matar a vítima.

Foto: Reprodução/ Rede Record
Foto: Reprodução/ Rede Record

Cerca de 8.000 pessoas moram na comunidade, sendo a maioria formada por lavradores e agricultores.

Erlaine dos Santos, de seis anos, era a segunda filha de Vanderlei Pereira e Marlene Cavalcante. No último sábado (18), a menina iria se encontrar com a mãe na casa de um vizinho, onde se preparava para ir a um culto evangélico.

O que ninguém imaginava era que, no meio do caminho, a menina foi atraída para uma emboscada por Francisco Alves da Conceição, de 39 anos.

Leia também:  Refrigerante de máquina pode estar com seus dias contados
Foto: Reprodução/ Rede Record
Foto: Reprodução/ Rede Record

Por volta das 21h, a família sentiu falta da menina e começou a procurá-la, mas não a encontraram. Erlaine só foi achada no dia seguinte por um menino.

De acordo com a polícia, o suspeito era vizinho da família e atraiu a menina até um beco, atrás das duas casas.

Conceição teria feito um buraco na cerca para poder passar com a criança. Em seguida, levou a menina para um quintal mais afastado, onde a estuprou e a matou.

Depois do crime, Conceição voltou para casa como se nada tivesse acontecido. Somente no domingo (19), o corpo da menina foi localizado.

A polícia conseguiu chegar até o suspeito por meio das marcas de sangue deixadas pelo caminho.

Leia também:  Mãe e padrasto são presos em flagrante após criança ser espancada e morrer

Na delegacia, o homem confessou e deu detalhes do crime. Ele usou um tronco de madeira para matar a menina.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.