Reprodução / Facebook
Reprodução / Facebook

Um menino usou as redes sociais para denunciar as agressões do pai contra a própria mãe residentes no estado do RJ. Em uma publicação, que até as 15h40 desta segunda-feira (27) tinha mais de 10 mil compartilhamentos, ele postou fotos da mãe depois de ser agredida e pediu justiça.

Segundo o menino, Fabiane Boldrini teve o nariz fraturado após pedir a separação a Joel Jorge. No texto, ele cita que a agressão contra mulher é “covardia” e diz que a publicação anterior, feita por seu irmão, foi apagada pelo pai. De acordo com ele, a violência, que é recorrente, ocorreu há três semanas.

“Estou fazendo aqui um protesto contra meu pai Joel Jorge do Grupo Guerreiros de Jorge De Ricardo De Albuquerque que de manhã apagou a publicação do meu irmão em q ele denuncia a última agressão q meu pai fez contra minha mãe, q por mais q ele tente se explicar isso q ele fez não tem justificativa, ela é vítima dele por muitos anos, ele fraturou o nariz dela com um soco porque ela disse q não queria mais viver com ele aguentando tudo, e antes q pensem q ela fez alguma coisa de errado ela não fez nada para merecer isso. eu sou testemunha… então eu peço q compartilhem para q a justiça seja feita, agressão contra mulher é covardia! Isso aconteceu a Três Semanas Atrás! (sic).”

Leia também:  Aumenta mais de 50% número de motoristas embriagados em feriado de Corpus Christi referente ao ano passado

Joel Jorge também usou as redes sociais para se explicar e pedir desculpas à vítima. Segundo ele, as agressões foram em resposta a uma mordida de Fabiane. Ele ainda acusou a mulher, vítima da violência, de ter usado o perfil dos filhos para fazer a denúncia. Ele ressalta que não é um “monstro”.

“Peço desculpas a Fabiane Boldrini. Como já pedi. Realmente o fato que aconteceu só me faz lembrar o quanto me dediquei a minha família. Errei quando bati, após ser mordido pela mesma que publicou no face de seu filho as fotos que aí estão. Usando o face de uma criança devia postar no dela. Não usar uma criança… Sempre serei um pai, não adianta querer me fazer parecer esse monstro. Já me atingiu Fabiane Boldrini. Agora faça o que falei. Pensão e precisando ainda tenho a honra de lhe ajuda gostaria que tds olhassem a foto e visse se foi espancamento. Não sou um monstro.. (sic).”

Leia também:  Noivos são assaltados na saída da festa de casamento e são levados todos os presentes e o carro
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.