Foto: assessoria
Foto: assessoria

A tocha olímpica, símbolo dos Jogos Olímpicos, passou por Cuiabá e Várzea Grande nesta quinta-feira (23/6) e modificou a rotina dos mato-grossenses. O evento atraiu olhares de pouco mais de 170 países para o estado, onde contou com a recepção de autoridades como o primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Ondanir Bortolini (PSD), Nininho.

O parlamentar apoiou a vinda da tocha olímpica para o estado por meio de emenda parlamentar e esteve no Comando Geral da Polícia Militar de Cuiabá, onde parte da solenidade foi organizada. O secretário adjunto de Turismo do Estado, Luis Carlos Nigro, o secretário de Segurança Pública do Estado, Rogers Jarbas e demais autoridades também estiveram presentes.

Pela primeira vez na história a tocha olímpica chega no solo de um país sul-americano. Nininho avalia que mesmo com as dificuldades político-econômicas que o país e o estado enfrentam, eventos como o da passagem do símbolo olímpico são importantes.

Leia também:  Vereador Thiago Silva atende comunidade do Tancredo Neves através de gabinete itinerante

“A chegada da tocha olímpica em Mato Grosso, num momento de dificuldade como o que enfrentamos, talvez sirva para tirarmos o foco dos problemas e enxergarmos soluções, como por exemplo, com relação ao futuro das nossas crianças e jovens. Eu acredito que a prática esportiva seja um dos únicos meios de impedir que eles sejam adotados por criminosos. O esporte é capaz de unir povos, culturas e criar tradições”, disse o parlamentar.

Para o secretário Adjunto de Turismo do Estado, Luís Carlos Nigro, receber a tocha olímpica é muito mais que participar do cronograma das Olimpíadas, é tornar Mato Grosso visível em outros países e estimular as pessoas a praticar esportes.

“Eu vejo neste evento oportunidades de futuros negócios no segmento do turismo, mesmo com a crise política que enfrentamos, podemos ver a possibilidade de atrair investidores para o Estado. Outro ponto importante é a chance proporcionada para a população mato-grossense de interagir com o mundo dos esportes”, afirmou Nigro.
Nininho afirma que não pensou duas vezes ao apoiar o evento via emenda parlamentar.

Leia também:  Lideranças comunitárias participam de qualificação em Rondonópolis

“Acredito na força que o esporte tem de transformar a vida das pessoas. Fomentar a educação por meio do esporte deveria ser prioridade de qualquer gestor. O meu desejo é que no futuro muitas das crianças que hoje estiveram aqui possam participar de competições esportivas”, concluiu Nininho.

Roteiro da Tocha olímpica

Nesta sexta-feira (24/6) a chama olímpica será levada a pontos turísticos como o Pantanal, em Poconé, distrito de Bom Jardim, em Nobres e no município de Chapada dos Guimarães. Nesses locais não haverá revezamento, apenas paradas em pontos estratégicos para captação de imagens.
O secretário adjunto de Turismo, Luís Carlos Nigro, informa que o roteiro especial foi sugerido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (Sedec) e aceito pelo Comitê Organizador das Olimpíadas, para divulgar o potencial turístico de Mato Grosso.

Leia também:  Irmã de Aécio Neves deixa presídio e segue para prisão domiciliar
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.