O 2° acusado pelo homicídio de uma mulher no centro da cidade de Sinop (633 km de Rondonópolis), ocorrido a menos de um mês, foi preso nesta quarta-feira (22) no município de Cláudia (1.356 de Rondonópolis). Ele foi identificado como Lenilson Santos Guimarães, 40 anos, popularmente conhecido como “Peixe”.  O trabalho conjunto foi realizado entre a Polícia Civil local e a Divisão de Homicídios da 1ª Delegacia de Polícia de Sinop.

O mandado de prisão temporário foi cumprido após investigação da Divisão de Homicídios que apurou que o suspeito havia foragido para a cidade de Cláudia.

A vítima ainda não foi identificada pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e o laudo ainda será finalizado, contudo existe a possibilidade que o fogo tenha sido ateado na vítima, quando ela ainda estava viva. “Está apurado até o momento se tratar de uma moradora de rua conhecida como Neusa ‘pretinha'”, disse o delegado Carlos Eduardo Muniz.

Leia também:  Tio e padrasto são presos por estupro de vulnerável

O corpo dela foi encontrado no dia 28 de maio, parcialmente carbonizado, na Praça da Bíblia, Centro de Sinop.

No dia 01 de junho outro investigado, José de Souza Silva, conhecido como “trator”, foi preso e confessou participação no crime, juntamente com Lenilson.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.