Foto: ERIC GAILLARD / REUTERS
Foto: ERIC GAILLARD / REUTERS

O suspeito pelo atentado que matou 84 pessoas em Nice, no sul da França, foi identificado como Mohamed Lahouaiej Bouhlel, de 31 anos, um homem franco-tunisiano. A informação foi publicada pelo jornal francês “Nice Matin”, mas o governo francês ainda não confirmou a identificação do suspeito.

O suspeito dirigia um caminhão que atropelou diversas pessoas que assistiam à queima de fogos em comemoração ao Dia da Bastilha (14 de julho), no Passeio dos Ingleses, uma via à beira mar. Ele dirigiu por cerca de 2 quilômetros. Dezenas de pessoas ficaram de feridas.

O suspeito foi morto por policiais e, dentro do veículo, onde também foram encontradas armas e granadas, estavam seus documentos. Ele teria permissão.

Leia também:  Príncipe aposta em jogo de cassino e perde 5 esposas e US$ 350 milhões no Egito
Foto: ERIC GAILLARD / REUTERS
Foto: ERIC GAILLARD / REUTER

o para dirigir veículos de grande porte.

Segundo o “Nice Matin”, nesta manhã, buscas foram feitas na residência da família do suspeito de terrorismo, em Túnis, capital da Tunísia. No local, foram encontradas impressões digitais do suspeito. Ele não morava mais no local, pois havia sido expulso por parentes após se envolver em um episódio de violência doméstica, disseram vizinhos à publicação.

A agência de notícias “Efe” informou ainda que segundo vizinhos, o suspeito era uma pessoa que gostava de sair para dançar e das mulheres. Há cerca de 15 dias, inclusive, ele acabou sendo processado por uma infração de trânsito.

A agência “Reuters” explicou que, segundo fontes, o suspeito é natural de Msaken, na Tunísia, onde esteve pela última vez há cerca de 4 anos.

Leia também:  EUA investe em vacina contra a zika com produção em folhas de tabaco
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.