A comercialização de milho da safra 15/16 avançou no mês de junho do ano corrente 3,1 pontos percentual no estado de Mato Grosso (MT), encerrando o período com 68,9% da produção estimada. A constatação é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), no último boletim.

Dadas as dificuldades desta safra, as vendas estão em ritmo bastante lento, de forma que a estratégia dos produtores está sendo esperar o avanço da colheita para então tomar novas decisões, sendo as vendas realizadas pontuais e mais voltadas para o mercado interno.

Cabe salientar que as potenciais perdas ainda não foram incorporadas no cálculo de comercialização, isso devido à grande heterogeneidade das produtividades, o que
dificulta uma conclusão dos agentes de mercado sobre qual é a real porcentagem de comercialização em Mato Grosso após as acentuadas quedas produtivas.

Leia também:  Inscrições do concurso público da UFMT já estão abertas

No que tange ao preço médio de comercialização no último mês, notou-se um
recuo de 20,5%, fechando, portanto, a média de junho em R$ 31,24/sc, o que mostra que, apesar de o mercado interno estar comprando, a crescente oferta do cereal continua a exercer uma pressão baixista nas cotações internas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.