Curitiba, capital do Paraná, foi escolhida por uma empresa japonesa de tecnologia para testar a primeira ciclovia brasileira que gera energia elétrica.Ela terá sensores que vão produzir eletricidade através do som e da vibração provocados pelas bicicletas.

Quanto mais pessoas pedalando, mais energia será produzida.

Foto: Brunno Covello/SMCS
Foto: Brunno Covello/SMCS

A quantidade de energia gerada será suficiente para acionar a sinalização luminosa nos cruzamentos envolvendo ciclovias e vias, além de coletar dados sobre intensidade de fluxo que irão ajudar no planejamento e expansão das ciclovias.

Os sensores sustentáveis serão implantados em 18,5 quilômetros de ciclovias.

Parceria

O projeto piloto é uma parceria entre a empresa Japonesa Soundpower, a Prefeitura de Curitiba e o governo japonês, e faz parte de um plano de iluminação já existente na cidade.

Leia também:  Câmara aprova fim de multa para quem esquecer carteira de habilitação

“Enxergamos a possibilidade de integrar o produto deles ao nosso projeto, tornando todo o sistema mais inteligente para os ciclistas de Curitiba”, disse Fábio Ribeiro de Camargo, diretor de Iluminação Pública da administração municipal da capital paranaense.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.