O vereador Ibrahim Zaher (PSD) afirmou que não é o momento do Governo aumentar impostos. A explicação é que o aumento de qualquer tributo irá impactar ainda mais no bolso do consumidor que inclusive mudou de hábitos para economizar. Prova disso, é redução das vendas no comércio varejista em nível nacional que chegou a menos 7,3% somente nos cinco primeiros meses deste ano e acumula queda de 6,5% nos últimos 12 meses.

“Temos que fazer esta discussão com a sociedade porque não é hora que aumentar impostos é o momento de repensar o crescimento da economia. As famílias estão perdendo o poder de consumo, estão comprando menos o que prejudica o comércio, os serviços e a indústria”, explicou.

Leia também:  Senado analisa nesta terça projeto que regulamenta serviços como o Uber

O vereador considerou oportuno o momento de trazer questões como esta para a discussão tanto na Câmara como clubes de serviços e entidades representativas para que sejam canais de diálogo com o Governo, que deve rever a carga tributária aplicada atualmente.
“O que vemos é o comércio em queda e o Governo analisando possibilidade de ampliar a arrecadação e modificar as formas de arrecadação. Não é este o momento para aumentar tributos”, declarou.

A ponderação foi feita em referência ao aumento do Fethab pelo Governo do Estado e também da modificação na arrecadação do ICMS do comércio varejista, que deverá entrar em vigor no início de janeiro de 2017. E também se estuda a possibilidade de cobrança da CPMF (imposto de cheque e movimento bancário) em nível nacional.

Leia também:  Deputado Eduardo Botelho prioriza saúde do Estado
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.