Foto: assessoria
Foto: assessoria

Seis instituições de caridade já estão recebendo uma compensação financeira no valor de R$ 200 mil, oriundo de um acordo com a empresa TDL e o município. A compensação é devido a uma multa imposta pelo Conselho Diretor da Política de Desenvolvimento Industrial de Rondonópolis – Codipi, consequência de um incentivo que a empresa havia recebido e descumprimento de requisitos. A Prefeitura de Rondonópolis intermediou o acordo entre as partes.

De acordo com a secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico, Stefânia Pasqualotto, ficou definido pelos membros do conselho que metade do montante ficará com o Hospital do Câncer (R$ 100 mil), e o restante dividido igualitariamente entre a Apae, Lar dos Idosos, Lar Cristão, Casa Esperança e Divina Providência.

Leia também:  Black Friday leva consumidores para as ruas de Rondonópolis nesta sexta

“A prefeitura somente viabilizou junto ao conselho para que essa multa fosse revertida às instituições, atendendo as necessidades emergenciais das mesmas, como compra de medicamentos e reformas. Esse valor tem duas semanas que começou a ser encaminhado, sendo depositado diretamente na conta das instituições”, disse.

Acordos semelhantes devem ser realizados com outras empresas com o objetivo de contemplar outras instituições do município.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.