Foto: assessoria
Foto: assessoria

Seis instituições de caridade já estão recebendo uma compensação financeira no valor de R$ 200 mil, oriundo de um acordo com a empresa TDL e o município. A compensação é devido a uma multa imposta pelo Conselho Diretor da Política de Desenvolvimento Industrial de Rondonópolis – Codipi, consequência de um incentivo que a empresa havia recebido e descumprimento de requisitos. A Prefeitura de Rondonópolis intermediou o acordo entre as partes.

De acordo com a secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico, Stefânia Pasqualotto, ficou definido pelos membros do conselho que metade do montante ficará com o Hospital do Câncer (R$ 100 mil), e o restante dividido igualitariamente entre a Apae, Lar dos Idosos, Lar Cristão, Casa Esperança e Divina Providência.

Leia também:  Manutenção na ETA irá deixar bairros sem água nesta quinta-feira (30)

“A prefeitura somente viabilizou junto ao conselho para que essa multa fosse revertida às instituições, atendendo as necessidades emergenciais das mesmas, como compra de medicamentos e reformas. Esse valor tem duas semanas que começou a ser encaminhado, sendo depositado diretamente na conta das instituições”, disse.

Acordos semelhantes devem ser realizados com outras empresas com o objetivo de contemplar outras instituições do município.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.