Os radares fixos instalados na Ponte Rio-Niterói flagraram 131 mil veículos em velocidade superior ao limite máximo permitido na rodovia no primeiro mês de funcionamento. Cerca de 4,3 mil pessoas por dia teriam sido multadas em junho, caso as penalidades já estivessem sendo aplicadas – o que ainda depende de homologação dos radares pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Reprodução
Reprodução

O número de flagrantes surpreende, já que não há parâmetro de comparação. Mas os operadores da Ecoponte, concessionária que administra a via, comemoram uma redução de 27% no número de acidentes em comparação com junho de 2015. Foram 32 este ano e 44 no ano passado.

Leia também:  Elevador de hotel luxuoso no RJ despenca e deixa turistas feridos

Segundo o gerente de operações da Ecoponte, Júlio Amorim, 113 mil flagrantes (ou 81% do total) foram de veículos em velocidades até 20% do limite permitido, que é 80 quilômetros por hora. Foram motoristas ou motociclistas flagrados circulando a até 96 quilômetros por hora.10

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.