Reprodução
Reprodução

Um menino de 11 anos passou por um momento de terror, na cidade de Chelmsford, na Inglaterra, ao ser mordido no rosto por um cão. O garoto estava no sofá da casa de um amiguinho quando decidiu tirar uma selfie para postar no Snapchat. Neste momento, então, foi atacado violentamente pelo animal.

Divulgação
Divulgação

Ao jornal “Metro”, a mãe do garoto afirma que não recebeu sequer um pedido formal de desculpas de Stuart Harris, dono de Digby, o cachorro, e também pai do amigo da criança atacada.
“Foram lesões muito graves, que poderiam ser fatais. Meu filho agora tem medo de cães, precisamos atravessar a rua quando algum cachorro se aproxima dele. Fora a vergonha da cicatriz… Ele dificilmente nos deixa tirar fotos suas”, desabafou a mãe, que afirma ter apenas recebido uma mensagem de SMS de Harris.

Leia também:  Fundador da revista Playboy morre aos 95 anos nos EUA
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.