Carregada de madeira carreta tomba em trevo da BR-364 - Foto: Ricardo Costa / AGORA MT
Carregada de madeira carreta tomba em trevo da BR-364 – Foto: Ricardo Costa / AGORA

A viagem do motorista Claudiomar Farias (57) seguia bem, desde a sua saída da cidade de Jaci Paraná em Rondônia, até chegar no trecho mais perigoso da passagem urbana das BRs-364/163 em Rondonópolis (MT), o trevo de acesso ao anel viário, “Não sei o que aconteceu, quando vi já não tinha o controle da carreta e ela tombou fora da pista”.

A carga transportada por Claudiomar era de madeira e tinha como destino a cidade mineira de Itamogi, mas não foram os danos materiais que deixaram em desespero o motorista calejado das estradas deste país, mas sim o fato de que agora ele estava impossibilitado por um bom tempo de ganhar dinheiro, “Como faço agora, como vou pagar a faculdade da minha filha”, se desesperou o trabalhador.

Leia também:  Inscrições abertas para Seminário de Saúde e Segurança no Trabalho em Rondonópolis

Segundo um funcionário da concessionária que administra a rodovia, não existe uma estatística do número de acidentes neste trecho da estrada, mas que é possível afirmar que pelo menos são registrados de três a quatro acidentes por mês neste trevo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.