Um homem acusado de estupro de vulnerável teve o mandado de prisão temporária cumprido, nesta quinta-feira (07.07), em Barra do Garças (509 km a Leste). O acusado, Gilberto Ribeiro da Silva, teve a ordem de prisão decretada acusado de estuprar a enteada, de 13 anos.

As investigações iniciaram no mês de maio quando a mãe da menor procurou a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Barra do Garças (DEDM) para denunciar o suspeito. A mãe da adolescente relatou que descobriu que o companheiro estuprava sua filha, após a menor contar para tia sobre os abusos.

Durante o acompanhamento psicossocial na DEDM, a adolescente relatou que os abusos aconteceram diversas vezes e que padrasto aproveitava os momentos em que a mãe dela saía de casa para assediá-la. Segundo a menor, os abusos iam de elogios relacionados ao corpo dela, beijos, carícias, chegando a conjunção carnal.

Leia também:  Veículos roubados em assalto à residência são recuperados

Com base nos indícios de autoria, o delegado Herodoto Souza Fontinele representou pelo mandado de prisão temporária contra o suspeito, decretado pela Justiça e cumprido nesta quinta-feira (07), pela equipe da DEDM. O suspeito foi localizado na casa da mãe, onde estava morando desde que foi denunciado pelo estupro da enteada.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.