Penitenciaria da Mata Grande em Rondonópolis. Foto: Varlei Cordova / AGORAMT
Penitenciaria da Mata Grande em Rondonópolis. Foto: Varlei Cordova / AGORAMT

Os Agentes Penitenciários que trabalham em Rondonópolis devem aderir à paralisação da classe estadual na próxima quinta-feira (18). Caso o Governo do Estado não cumpra as promessas feitas a classe até o fim do mês, os profissionais devem deflagrar uma nova greve.

Segundo informações, o documento oficial emitido pelo sindicato ainda não chegou a unidade de Rondonópolis, porém tudo indica que eles acompanharão a decisão.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário de Mato Grosso (Sindspen), João Batista, uma assembleia geral já está marcada para o dia 1º de setembro. Entre as promessas não cumpridas estão a realização do concurso público, a compra de fardamento, coletes balísticos e viaturas.

Leia também:  Caminhão derrama óleo na pista e causa transtorno na avenida dos Estudantes

João Batista garantiu que a segurança dos presídios será mantida durante a paralisação.

Da última vez que os agentes entraram em greve, em junho deste ano, pelo menos quatro cidade do Estado sofreram ataques e pelo menos seis ônibus foram incendiados. Os ataques foram comandados por reeducandos pelo fato de ficarem sem visitas durante a greve.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.