A professora de direito Bárbara Cruvinel foi demitida da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) após dar nota dez para uma turma inteira. A história começou depois que uma aluna foi reprovada na disciplina de Direito Civil e, conforme a docente, a ameaçou. Com medo e alegando não ter o respaldo da instituição, ela mudou a nota de todos os alunos. Na última sexta-feira (26), ela foi desligada.

Em nota, a assessoria de imprensa da PUC-GO informou que a demissão da professora ocorreu por problemas “didáticos – pedagógicos, apresentados pela mesma”. O comunicado pondera ainda que, por ética, a instituição manterá “reserva dos detalhes”.

Bárbara leciona há oito anos. ela revela que uma estudante ficou insatisfeita com a reprovação e resolveu reclamar em tom agressivo. “Ela me falava que queria outra nota, ou outra prova, ou rever a média e que ela iria resolver naquele dia e naquela hora sob pena de doer a mim e ou aos meus filhos”, afirma.
Um aluno, que prefere não se identificar, presenciou a discussão e conta o que viu. “[A aluna] levantou, apontou para a professora, falou que isso não ficaria daquele jeito e saiu da sala”, afirma.

Leia também:  Estudante vítima de bullying faz ameaças de morte contra colegas via WhatsApp
Divulgação
Divulgação

Em uma postagem nas redes sociais, a professora diz que procurou a faculdade para reclamar da conduta da universitária. Porém, salienta que não obteve nenhuma resposta e, por receito, mudou a nota de todos, inclusive da estudante reprovada.

A maioria dos estudantes do curso se sentiu prejudicado com o episódio. Nesta segunda-feira (29), alguns deles fizeram um protesto em frente à unidade de ensino para pedir sua recontratação. “Não pode ter essa arbitrariedade. Aluno tem que respeitar professor. Por conta de uma aluna, os demais aqui não podem ser prejudicados”, disse a aluna Jéssica Nogueira.

A TV Anhanguera tentou contato com a estudante que teria ameaçado Bárbara, mas ela não atendeu às ligações.

Leia também:  Quantidade de armazenamento de cordão umbilical está abaixo da média no Brasil
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.