Cuiabá Arsenal 31 x 14 Lusa Lions - Foto de Junior Martins (1)O Cuiabá Arsenal bateu o Lusa Lions por placar de 31 a 14 na Arena Pantanal, no último sábado (20.08), em Cuiabá, válido pelo terceiro jogo na Superliga Nacional de Futebol Americano. Com o resultado, a equipe mato-grossense chega na metade da fase classificatória invicta após três confrontos. Líder da Conferência Oeste, agora aguarda os próximos compromissos contra os times São Paulo Storm, Tubarões do Cerrado (também invicto) e Goiânia Rednecks.

Para o presidente da Associação Atlética Cuiabá Arsenal (AACA), Paulo Cesar Machado, vencer o Lusa Lions, que é o atual campeão paulista invicto, mostra a capacidade e força do Cuiabá Arsenal. Segundo ele, essa terceira vitória foi mais um passo na direção do objetivo, que é de conquistar o título de tricampeão brasileiro de futebol americano. O Arsenal retorna aos treinos para se preparar para o São Paulo Storm, em 3 de setembro, às 11h, no estádio do Canindé (SP).

Scout

No 1º quarter, Lusa faz kickoff e Arsenal marcha com a posse da bola. Logo no início os donos da casa abriram o placar com uma Trick Play. Jogada atípica feita para quebrar o ritmo da defesa adversária. Nela o quarterback (QB) Marcelo Roversi faz um handoff (entrega a bola) para o running back (RB) Brandon The Rocket Watkins, que corre e antes da linha de scrimmage faz um passe para o wide receiver Kenneth Joshen receber e parar só na endzone. Com extra point bom.

Leia também:  Meninas do vôlei vencem a primeira em Cuiabá

Já no 1º quarter, o Cuiabá Arsenal demonstrava domínio de jogo. O Lusa Lions tinha a posse da bola, mas estava pressionado com as costas na redzone. Tentaram a 1ª, 2ª e 3ª descidas e sem avançar foram para um punt na 4ª descida. O snap saiu alto, o punter não pegou, a bola rolou até a endzone, o punter correu para recuperar, recuperou e ajoelhou dentro da endzone (safety) com medo de levar alguns tackles. E o placar somava Cuiabá Arsenal 09 x 00 Lusa Lions.

No 2º quarter, após interceptação de Josemar Teotônio, Arsenal recuperava a posse da bola e partia para o ataque. Com três jardas para a endzone, o QB Roversi faz um handoff para o RB The Rocket correr pelo meio e marcar touchdown. Com ponto extra bom. Segue jogo, até o ataque do Lusa ficar pressionado com as costas na redzone. Tentam 1ª, 2ª e 3ª descidas e nada. Tentam punt na 4ª descida e erram. Snap alto e punter ajoelhado na endzone (safety – 18 x 00).

Leia também:  União joga domingo diante do Sinop no Luthero Lopes

Ainda no 2º quarter, com domínio incontestável do Cuiabá Arsenal, o quarterback do Lusa Lions, com as costas a duas jardas da própria endzone, faz um passe de 25 jardas e é interceptado pelo também free safety Brandon The Rocket, que corre até marcar touchdown. Com ponto extra bom, o placar sobe para Cuiabá Arsenal 25 x 00 Lusa Lions. A posse da bola retorna para o time paulista, que por faltar poucos segundos para o intervalo, prefere ajoelhar até zerar o relógio.

No 3º quarter, os visitantes retornam em outro ritmo de jogo. Surpreendem o Arsenal com uma interceptação e vão para o ataque. E pela primeira vez na partida, marcham jarda após jarda até um passe do QB Catullo Goes chegar nas mãos do wide receiver (WR) Leandro Fratini marcar touchdown. Com extra point (XP) convertido por Renan Buzz. E os visitantes deixavam nítido um início de reação com placar de 25 x 07. O Arsenal volta a atacar, mas novamente é interceptado.

Leia também:  Circuito de Tênis começa nesta quarta em Cuiabá

No 4º quarter, o Lusa continuava na campanha de reação e marcava com passe do QB Catullo para o wide receiver Marcos Vinícios Seiya. Com nova XP convertida por Renan Buzz. E o placar girava para 25 x 14. O Arsenal cometia erros e acendia o sinal de perigo. Até a fisionomia da torcida anfitriã havia mudado de festiva para aflita. Os donos da casa pegam a posse da bola, mas devolvem sem avançar. E os visitantes marcham a passos largos sobre o campo do Arsenal.

Na segunda metade do 4º quarter, a defesa do Cuiabá Arsenal se reorganiza e recomeça a frear o ataque paulista. O QB Catullo tenta um passe longo de 45 jardas, mas é interceptado a duas jardas da endzone do Arsenal. O free safety The Rocket pega a bola e corre por toda a extensão do campo, foram 98 jardas de corrida até a endzone do Lusa Lions. Um touchdown que matou todas as esperanças paulistas de uma possível virada. Com XP ruim, o placar fica nos 31 x 14.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.