Acusados de roubo furto e receptação Silvia Carla, Alberto Araujo e Joao Carlos - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Acusados de roubo furto e receptação Silvia Carla, Alberto Araujo e Joao Carlos – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

João Carlos Barros Tolentino, Alberto Folha Junior e Silvia Carla Moreira Rosário foram presos na noite desta segunda-feira (1) sob as acusações de furto e receptação. A prisão foi feita pela Polícia Militar (PM) no momento em que eles transportavam uma porta de vidro que havia sido furtada de uma residência no Jardim Adriana, em Rondonópolis.

Depois de passar pela PM os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) e lá a Polícia se deu conta de que João já era monitorado pelos investigadores por ser suspeito de vários furtos ocorridos na cidade.

Portas Janelas ar condicionado encontrados na casa dos suspeitos - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Objetos encontrados na casa dos suspeitos – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Na sua casa, localizada no Monte Líbano, os investigadores encontraram vários objetos furtados como portas e janelas de vidro, televisores, ar condicionado, materiais de construção, uma balança e até um compactador que foram furtados de um depósito da Prefeitura local. Na casa também foram encontradas várias ferramentas, inclusive uma que era usada para cortar cadeados das residências.

Leia também:  Dois motoristas são detidos embriagados após invadir corrida da Acir em Rondonópolis

A Derf informa que quem teve esses tipos de objetos furtados é para procurar a Derf onde será feito o reconhecimento. João Carlos já tem passagens por tráfico e furto e agora também por receptação.

OUTRO CASO

Nathany Patielle T. Silva - Foto: PJC
Nathany Patielle T. Silva – Foto: PJC

Os investigadores da Derf conseguiram resolver mais um caso de roubo ocorrido em Rondonópolis. Este caso aconteceu no dia 18 de julho quando dois homens e duas mulheres invadiram uma loja de roupas, renderam a dona e depois fugiram levando 67 vestidos de festa.

A Derf teve acesso as imagens das câmeras de segurança e conseguiu constatar que haviam pessoas que já tinham passagens pela Polícia. Então os investigadores conseguiram chegar até Natali Patiely, 21 anos, que mora na região do bairro Marechal Rondon.

Leia também:  Em abordagem, motorista fica nervoso e entrega 90kg de maconha aos Federais

Na delegacia ela confessou o crime e afirmou que participaram da ação também o seu irmão, o cunhado e uma terceira pessoa que ela não conhece. Cerca de 30 vestidos foram recuperados, esses seriam a parte da Natali. Ela havia escondido as peças de roupas na casa de sua avó no Jardim Paineiras.

Vestidos recuperados pela Derf - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Vestidos recuperados pela Derf – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Para avó ela contou que as roupas eram suas e que precisava guardá-las em sua casa. Natali foi indiciada, mas responderá em liberdade porque já estava fora do flagrante, mas a Polícia afirma que depois do processo concluído irá pedir a prisão da suspeita.

Os outros nomes dos envolvidos ficarão em segredo até o fim das investigações.

Leia também:  Mulher é presa em posto de combustível abastecendo veículo furtado
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.