João Paulo Mariano suspeito de roubo preso por policiais da DERF - Foto : Messias Filho / AGORA MT
João Paulo Mariano suspeito de roubo preso por policiais da DERF – Foto : Messias Filho / AGORA MT

João Paulo Mariano, 22 anos, foi preso na tarde dessa quinta-feira (18) pelos investigadores da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), no bairro Buriti, em Rondonópolis (MT). Ele é acusado de assaltar uma Concessionária de Veículos na cidade e deve responder pelos crimes de roubo, tráfico ilício de drogas, uso de documentos falsos, receptação e outros.

De acordo com o delegado da Derf, Gustavo Belão, o suspeito já é conhecido pela Polícia. O indivíduo possui dois mandados de prisão em aberto por prática de roubos na cidade de Paranatinga.

Arma,droga,dinheiro e outros objetos apreedidos por policiais da DERF - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Arma,droga,dinheiro e outros objetos apreendidos por policiais da DERF – Foto : Messias Filho / AGORA MT

As informações são de que dois suspeitos entraram no estabelecimento disfarçados de funcionários. João Paulo estava bem vestido utilizando camisa, paletó e sapato social. Ele utilizou nome falso durante a ação do crime. O nome utilizado pelo detido é de outro suspeito que também possui passagem pela Polícia. “Acreditamos que a intenção de João Paulo era tirar o foco dos investigadores com o nome falso” explica o delegado.

Leia também:  Motorista embrigado é detido em Primavera do Leste
Veículo usado no roubo apreendido pela polícia - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Veículo usado no roubo apreendido pela Polícia – Foto : Messias Filho / AGORA MT

A ação do crime foi gravada pelas câmeras internas de segurança da Concessionária, o que colaborou para as investigações. O suspeito foi preso a aproximadamente 2h após o crime. Na casa do indivíduo a Polícia apreendeu um revólver calibre 38 e parte do material roubado. O carro utilizado na ação criminosa possui registro de roubo cometido no mês de julho na capital Cuiabá e também foi recuperado pela PC.

Ainda na residência de João Paulo os investigadores localizaram entorpecentes,  balança de precisão, valores oriundos pelo comércio de drogas, inclusive um boleto de compra de um televisor em uma loja da cidade onde o indivíduo também utilizou nome falso.

João Paulo disse à Polícia que alugou as armas para fazer o crime. Ele saiu a pouco tempo da cadeia e o comparsa do indivíduo que também possui passagens pela Polícia ainda não foi localizado.

Leia também:  Acusado de tráfico de drogas é preso com entorpecentes e simulacro na Vila Canaã

As investigações continuam.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.