Mato Grosso (MT) registrou o menor número de intenções de confinamento de gado para o mês de julho nos últimos três anos. Os dados são de um levantamento realizado pelo Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) no Estado, no qual observou-se que a desistência se tornou comum nos confinamentos de MT em 2016.

Conforme os dados apenas 50,75% dos entrevistados afirmaram que irão confinar tornando-se o menor número para um mês de julho nos últimos três anos. A união de insumos mais caros com a estagnação no preço da arroba do boi gordo foi a principal causa apontada pelos confinadores para a redução nas intenções de confinamento.

Desta forma, a atual estimativa assinala para que sejam confinados 506,67 mil bovinos em MT, número 32,93% menor que o estimado em abril/16 e 24,37% menor que o total confinado em 2015.

Leia também:  Conta de luz deve ficar mais cara em agosto pelo aumento de tributos sobre diesel

Diante disto, constata-se que o “alivio” que o confinamento poderia dar sobre a oferta de animais pode não se concretizar, reiterando o cenário de oferta diminuta para os próximos meses.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.