Uma dona de casa que está em tratamento de câncer denunciou a postura de um motorista da empresa de Transporte Coletivo Cidade de Pedra (TCCP) na tarde desta segunda-feira (1º) ao site AGORA MT. Segundo a mulher, ela foi expulsa após entrar no ônibus que passa pelo bairro Padre Lothar, em Rondonópolis.

Ela contou a reportagem que depende do ônibus para acompanhar a filha em cursos e para ir ao Ceadas. Na tarde de hoje (1º), ela contou que pretendia pegar o ônibus que passa pela localidade por volta das 14h30 para ir a unidade de saúde. “Eu estava aguardando próximo ao ponto de ônibus porque não posso tomar sol, em razão do tratamento, os outros motoristas sempre param ali para mim. Hoje, o motorista parou no ponto e depois que eu abanei a mão para ele, o mesmo parou o veículo,” explica a mulher.

Leia também:  Carnaval ainda é problema para promotor de eventos e prestadores de serviço

Contudo, ao entrarem no ônibus, a dona de casa narra que o motorista teve uma postura grosseira e mandou que ela e a filha descessem do ônibus. “Fiquei constrangida porque ele foi mal educado na frente de todos, mandou que descêssemos e esperássemos o próximo ônibus no ponto,” comentou a mulher.

Nervosa, ela conta que retornou para casa. Ela contou ainda que esta não é a primeira vez que a atitude grosseira acontece e que iria procurar a empresa para reclamar.

Outro lado

Em contato com a empresa Cidade de Pedra, o gerente Paulo Sérgio nos informou que irá averiguar os fatos. Ele comentou que a recomendação aos motoristas é parem mesmo que o cliente esteja atrasado ou tenha acenado próximo ao local. “Nós dependemos do cliente, vamos identificar o motorista e ouvir a versão dele, compara com o que ele está dizendo  e se for o caso de uma acariação a gente faz. Mas vamos tomar as devidas providências, porque este não é o procedimento da empresa,” comentou o gerente.

Leia também:  Inscrições para a 3ª Feciti encerram-se na próxima segunda-feira (31)
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.