Os detentos fugiram com armas - Foto: PM
Os detentos fugiram com armas – Foto: PM

Quatro detentos da cadeia de Nova Mutum (452 Km de Rondonópolis) fizeram dois agentes penitenciários de reféns e fugiram durante uma rebelião na noite desta segunda-feira (29). Os presos fugitivos foram identificados como Willian Santos Almeida, Ronaldo dos Santos, Bruno Nunes dos Santos e Luan Felipe de Oliveira França.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), um grupo de presos conseguiu atacar e render os agentes penitenciários que trabalhavam na unidade. Os quatro presos roubaram armas, munições e fugiram em um carro de um agente. Eles respondem pelos crimes de roubo, tráfico de drogas e homicídio.

De acordo com o diretor da unidade prisional, Antônio de Lima, os presos conseguiram escapar, porém, uma operação envolvendo agentes do sistema prisional, mais as polícias Civil e Militar, conseguiu frustrar a fuga dos demais. “O serviço de contenção evitou a fuga de 100 presos”, afirmou.

Leia também:  Cuiabá | Delegacia da Mulher instaura 2.575 inquéritos de vítimas

Segundo Antônio, os presos quebraram várias paredes e destruíram a parte interna da unidade. No entanto, a situação foi controlada e os agentes penitenciários foram encaminhados para uma unidade hospitalar.

Alguns tiros de advertência foram disparados como forma de controlar os presos rebelados. A Cadeia Pública de Nova Mutum tem aproximadamente 150 presos, segundo a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.