A Associação Brasileira de Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares e de Escritório aponta dados de reajustes de até 200% nos preços dos produtos de material escolar, mas em Rondonópolis em busca de amenizar os impactos dos preços e de atrair os clientes, os empresários estão investindo em promoções, e mesmo com a greve dos servidores da educação o jeito é não desanimar. Nas papelarias de Rondonópolis, os pais de alunos vão encontrar os preços bem acessíveis.

Os itens mais comuns nas listas de material para reposição são: cadernos, borracha, caneta e lápis de cor.

Investir em promoções foi uma das estratégias utilizadas, o marca texto por exemplo que custava R$ 3,50 agora custa R$ 1, o caderno é encontrado a partir de R$ 10, a caneta passou de R$ 1,50 para R$ 0,50, a cola líquida passou de R$ 3,50 para R$ 1, as mochilas e bolsas são encontradas a partir de R$ 20.

Leia também:  Confira as vagas de emprego desta segunda (25/09/17) em Rondonópolis

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.