As incertezas continuam tomando contado do cenário político mato-grossense na reta final da confirmação de candidaturas para prefeito, já que o prazo final para o registro de chapas e nomes para concorrer às eleições desde ano se encerra hoje (05).

E a mais nova vítima do efeito reeleição é o prefeito Ademir Gaspar (PR) de Jaciara (MT), que anunciou de forma oficial agora pouco que não será candidato à reeleição.

Com a desistência de Ademir, o nome de Andréia Wagner (PSB) ganha mais corpo e se torna a favorita na disputa nas eleições do município do Vale do São Lourenço.

O prefeito enviou nota a redação dos principais veículos de comunicação do estado para confirmar que não entrará na disputa.

Leia também:  Maggi sai em defesa de Temer

VEJA A NOTA

Olá meus amigos de Jaciara, cidade maravilhosa com um povo acolhedor, honesto e trabalhador. Lugar onde escolhi para viver e constituir minha família. Me sinto realizado de ter chegado até aqui. Onde tive a oportunidade de ser vereador por duas legislatura e prefeito municipal, nesse período defendi e honrei cada cidadão desta cidade, trabalhando diuturnamente com responsabilidade e honestidade.

Apesar da grande crise econômica que nosso país enfrenta, Jaciara é uma referência no estado de Mato Grosso. Mantivemos os salários dos servidores em dia, serviços públicos com qualidade na área da saúde, educação, habitação, agricultura, projetos de inclusão social, promovemos a prática esportiva, resgatamos a cultura criando CIA de Arte, projetamos o turismo a nível estadual e nacional, além de obras importante como a Escola Modelo Santo Antônio,  organização da coleta do lixo com aquisições de caminhões novos, creche do Zé abraça que será concluída. Com a urbanização a cidade ficou mais bonita e aconchegante, estamos iniciando a obra mais importante de saúde pública que é esgotamento sanitário da metade da cidade, além de outros serviços importantes.  Enfim, honramos cada cidadão desta cidade, com muito trabalho e honestidade.

Leia também:  De pijama

Quero agradecer a Deus pela oportunidade que tive a frente da cidade, agradecer minha esposa Elisabete, minha filha Tais, as quais estiveram sempre comigo e a todos que estiveram juntos nessa caminhada trabalhando por uma cidade melhor. Estarei firme até o último dia do meu mandato trabalhando em prol dos munícipes, tendo consciência que não tudo que a cidade precisa, mas fiz tudo que foi possível ser feito.

Diante disso, analisando a atual conjuntura do país, inclusive de desistência de reeleição de vários prefeitos do país, em conversa com familiares e amigos, fiz Sá opção de não ir à reeleição.  Desejo boa sorte a próxima gestão e estarei sempre a disposição da sociedade Jaciarenses. Um forte abraço a todos vocês.

Leia também:  De cabelo em pé
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.