Reunião que aconteceu em Primavera com o Promotor - Foto: José Antonio Araújo
Reunião que aconteceu em Primavera com o Promotor – Foto: José Antonio Araújo

A campanha foi iniciada desde do último dia 16, mas os candidatos de Primavera do Leste ainda estão enfrentando um problema nas agências bancárias da cidade, muitos deles não conseguiram até agora realizar a abertura de contas e acabaram sendo prejudicados. O que acontece é que o candidato não pode começar a fazer os gastos de sua campanha se não tiver  a conta bancária  aberta, como  explicou  a Juíza  eleitoral Glenda Moreira Borges.

Alguns candidatos tiveram prazo de até cinco dias após a entrega dos documentos nos Banco, pela lei o prazo é de três dias para que o candidato seja atendido, o promotor   afirma  que vai tomar as devidas providências  do caso, para  que o candidato possa receber  o documento necessário em até três dias  conforme a lei, para isso as agências serão notificadas ainda nesta terça-feira para  que possam agilizar os processos e assim os candidatos possam realizar  suas campanhas.

Leia também:  Rezende propõe Batalhão de Policiamento Militar Escolar

Dr. Silvio Rodrigues Junior, promotor eleitoral, informou que se os bancos se negarem a fazer os procedimentos adequados, o gerente será penalizado e terá que pagar multa.

“Ofícios já foram expedidos para abrirem as contas dos candidatos em até três dias, caso os Bancos descumprirem estarão cometendo o crime de desobediência e alguém poderá ser preso, não iremos permitir que os candidatos sejam prejudicados pelos Bancos”, disse.

A denúncia de vários candidatos é  que além dos documentos para aberturas das contas, afirmaram que as agências estariam exigindo  outros procedimentos inadequados como, por exemplo, fazer um seguro e outros, o que de acordo com o promotor  eleitoral  isso não é permitido, é ilegal e se os bancos persistirem, a promotoria  entrará com uma ação contra tal agências,  disse Dr. Silvio Rodrigues Junior  promotor eleitoral.

Leia também:  Justiça acata pedido do MPE e proíbe desativação do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.