Foto: assessoria
Foto: assessoria

O prefeito Percival Muniz, candidato à reeleição pela coligação “Seguindo Em Frente” (PPS, PMDB, PR, PT, PRB, PV, PRP, PDT, PTC, PPL, PCdoB, PSL, PTdoB e PSC), reuniu-se, na noite desta segunda-feira (29), com  taxistas, que atuam em diversos pontos da cidade. O encontro na Arena 23, foi para debater demandas e propostas que beneficiem a categoria. Ele também recebeu muitas manifestações de apoio. A categoria conta atualmente com  atuação de 162 carros.

“O Percival foi um prefeito que não atrapalhou. Não precisamos fazer manifesto na prefeitura. Foi parceiro, bem diferente do que ocorreu recentemente, onde o prefeito só atrapalhava”, disse João Carlos Scheffer, presidente do Sindicato dos Taxistas de Rondonópolis.”O Percival sempre esteve aberto ao diálogo com a categoria, sempre ajudou”, completou o presidente do Sindicato dos Motoristas Autônomos, Benedito Vieira.

Leia também:  Base de Pátio se rebela, deixa reunião e gera protestos

Para Percival, receber o apoio dos taxistas é muito bom, traz um peso muito grande. “O papel de vocês na sociedade é muito importante. Levam pessoas ao médico, ao trabalho e a vários lugares”, disse. “Muita gente que mora aqui conta com vocês para se locomover, assim como muitas das que vem a passeio, a trabalho ou a negócios atraídos pelo nosso desenvolvimento crescente”, complementou.

Além de ouvir os anseios da categoria, o prefeito, em sua fala durante encontro com os taxistas, apresentou propostas para  construção de uma cidade mais saudável e sustentável. Portanto, cada vez melhor para viver e trabalhar.

Falou, também,  do esforço feito nos últimos três anos e meio para recuperar e destravar a cidade, para colocá-la novamente no caminho do desenvolvimento. “Trabalhamos duro, recuperamos a cidade. As condições objetivas para a cidade deslanchar estão criadas. Não podemos colocar marcha ré. Agora, que a turbulência passou,  temos que acelerar e seguir em frente. A nossa gente tem pressa”, frisou Percival.

Leia também:  Primavera do Leste deve ter eleições no dia 19 de novembro

Muniz destacou que mesmo com a crise econômica e política  sem precedentes no país, Rondonópolis avançou, indo na  contra mão de muitas prefeituras e Estados. Enquanto em muitos lugares cortaram serviços, fechando, inclusive, unidades de saúde. “Aqui estamos ampliando. Já entregamos seis novos PSFs, por exemplo, o que ajuda na melhoria dos indicadores da saúde”, contou.

Acrescenta que, além de fazer mais de 100 km de asfalto nos bairros, a prefeitura constrói uma ponte no rio Vermelho, com 220 metros,  sendo a maior obra de mobilidade urbana da da cidade dos últimos 20 anos.

Percival falou ainda sobre o trânsito da cidade, que passou por intervenções de modernização, visando também contribuir para melhoria da mobilidade urbana. Como por exemplo, a implantação do novo sistema semafórico e a fiscalização eletrônica, que levou no ano passado, mesmo com aumento da frota, a redução de 45% dos índices de acidentes, salvando muitas vidas.

Leia também:  Maggi continua no Governo e descarta entrar na disputa em 2018

“Seguiremos trabalhando em parceria com a categoria para encontrarmos os melhores caminhos para resolver os problemas existentes. Pois, esta parceria é boa para categoria, para prefeitura e para população em geral”, finalizou.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.