Depois de desfalcar o Palmeiras em seis rodadas do Campeonato Brasileiro e conquistar a medalha de ouro olímpica com a Seleção, Gabriel Jesus, artilheiro da competição nacional, pode ser novamente escalado no Cartola – ao custo de C$ 29,77.
Não é barato, mas quase sempre vale a pena. E não apenas porque ele faz gol (o que garante 8 pontos no game).

Além de ter balançado a rede 10 vezes, o atacante tem 44 finalizações em 14 partidas disputadas. Toda finalização – defendida, na trave ou para fora – rende pontos.
O que também o ajuda a ter 8,30 pontos de média é o fato de ser o segundo atacante com mais assistências no campeonato. Foram quatro passes a gol, menos apenas do que Dudu, seu colega de clube e atualmente capitão do time.

Leia também:  Rodada "madrasta" coloca Luve de volta ao Z-4

Por fim, o estilo de jogo incisivo, com velocidade e dribles, torna Gabriel Jesus um dos mais caçados pelos defensores. Mesmo tendo sido desfalque por tanto tempo para o Palmeiras, ele é o terceiro atleta com mais faltas sofridas (o que rende 0,5 ponto cada).

Isso tudo já convenceria qualquer cartoleiro. Para o seu verdadeiro técnico, Cuca, a escalação do garoto neste domingo, diante do Fluminense, em Brasília, é mais do que provável por outro motivo: convocado para as Eliminatórias da Copa do Mundo, ele poderá ser baixa novamente em mais dois jogos.

É certo que na quarta-feira ele não estará em campo contra o Botafogo-PB, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, na arena. Para o clássico da semana seguinte, contra o São Paulo, também em casa, as chances são remotas, embora ele próprio tenha externado publicamente que, se tiver oportunidade, gostaria de atuar.

Leia também:  Torneio de tênis começa nesta quarta em Cuiabá
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.