A agência central do Banco Bradesco localizada na rua Barão de Melgaço da capital Cuiabá (215 Km de Rondonópolis) foi interditada por 36 horas na tarde desta quinta-feira (1). A interdição foi realizada pelo Procon municipal e a ordem de serviço é decorrente da reincidência do estabelecimento em não cumprir a Lei 4069/01, que dispõe sobre o atendimento de clientes em unidades bancárias na cidade.

O órgão de defesa do consumidor contatou em ações anteriores que o banco não tem cumprido a obrigatoriedade de atender os consumidores no prazo máximo de 15 minutos.

 Conforme o secretário-adjunto do Procon, Carlos Rafael Carvalho, a agência insiste em lesar o consumidor, fazendo-o esperar mais de meia hora por um atendimento que não dura cinco minutos.

Leia também:  MPE denuncia parlamentar por lesão corporal e ameaça praticados contra jornalista em Juara

Carvalho ainda explicou que o órgão  já realizou várias orientações em todos os estabelecimentos, tirando dúvidas e fazendo esclarecimentos a respeito da norma e que inclusive o banco já havia sido notificado para que apresentasse um plano de melhorias. No entanto, nenhuma medida foi tomada.

Diante dos fatos, as atividades da agência foram interrompidas e o Banco Bradesco tem o prazo de 10 dias para apresentar sua defesa e será multado em valor ainda a ser definido.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.