Um homem suspeito de pedofilia foi identificado pela Polícia Judiciária Civil, no município de Alto Garças, após ser detido em flagrante na quinta-feira (15), pela Polícia Militar da cidade, por exibir o órgão genital a uma criança de 4 anos, no bairro Vila Mangueira.

Com a prisão, os investigadores de Alto Garças constataram que Edécio Sousa Cruz, 35, realizava atos de pedofilia assediando várias crianças pelas redes sociais (Whatsapp e Facebook).

No aparelho celular apreendido em poder do investigado, foram encontrados fotos, vídeos, áudios, além de mensagens de conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. As investigações apontaram que Edecio atraía menores pela internet para exibição de pornografia.

Leia também:  Polícia recupera carro minutos após o roubo no Residencial Planville

A Polícia Civil de Alto Garças também investiga se o preso é o suspeito que teria atacado mulheres em diversas ocasiões na cidade. As vítimas, todas mulheres, relataram na unidade policial que caminhavam em via pública no bairro Vila Mato Grosso, quando foram abordadas por um homem que “saía do matagal” e as surpreenderam exibindo o órgão genital.

Os casos seguem em investigação pela Delegacia de Polícia de Alto Garças, com oitiva de vítimas e testemunhas. Até o momento, o suspeito foi autuado pelo crime de “oferecer, trocar, transmitir por meio de sistema de informática, fotografia, vídeo ou registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfico encolvendo criança ou adolescente”, constante no Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei Nº 8.069/90).

Leia também:  Nova Mutum | Motorista se assusta com fumaça do motor e carro é destruído pelas chamas na BR-163
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.